Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Entrega de imóveis do Aluízio Campos pode ser adiada

A entrega de imóveis do Complexo Aluízio Campos, em Campina Grande, poderá não ocorrer no dia 11 de outubro como estava programado. Em entrevista a uma rádio da cidade nesta segunda-feira (23), o prefeito Romero Rodrigues (PSD) disse que “motivos alheios ao esforço e vontade da gestão municipal” poderão alterar a data de entrega dos 4,1 mil imóveis.

Segundo Romero, o problema estaria em questões referentes ao processo burocrático junto ao Banco do Brasil, pois os contratos poderão não estar firmados dentro do prazo previsto. “De fato, temos como entrave hoje as rigorosas exigências burocráticas, o que gera dificuldades administrativas para que cumpramos o que foi já anunciado à comunidade”, destacou Romero Rodrigues. Outro problema apontado pelo prefeito é a inadimplência de mais de mil contemplados em relação a contas de água e de luz.

De acordo com o prefeito, a parte de engenharia da obra está completa, inclusive com a etapa de vistoria dos proprietários praticamente concluída. Mas é preciso, segundo ele, que se cumpra todo o restante do ritual legal até a definitiva e oficial entrega do maior conjunto habitacional recentemente construído no Brasil. “Existe todo um trâmite que inclui averbações junto ao Cartório de Imóveis, expedição de certidões negativas por parte da Receita Federal, entre outros itens”, acrescentou.

Apesar das queixas sobre problemas que poderão impedir o andamento normal do cronograma, Romero não disse qual poderia ser a nova data de entrega dos imóveis, caso não seja possível fazê-la no dia 11 de ourubro, aniversário de Campina Grande.

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.