Retrospectiva 2021: os destaques do Esporte na Paraíba

Esporte da Paraíba em 2021 teve destaques que foram além do futebol

O esporte da Paraíba em 2021 teve destaques que foram além do futebol. Olimpíadas, paralimpíadas e vôlei, por exemplo, tiveram atletas que se destacaram ao longo da ano. Relembre a seguir.

Futebol

A temporada esportiva paraibana de 2021 começou com o estadual de futebol masculino no primeiro semestre. O Confiança de Sapé, campeão paraibano de futebol em 2020, foi o primeiro clube a levantar uma taça na temporada no estado. O time sapeense superou clubes tradicionais como Treze, CSP, Botafogo, Perilima e Auto Esporte.

O ano seguiu com o Campeonato Paraibano, e o Campinense conquistando o título de futebol profissional, superando o Sousa depois de dois jogos, com uma vitória por 1 a 0 e um empate em 0 a 0. Outro grande feito do Campinense na temporada foi conquistar a Série D do vice-campeonato brasileiro, chegando ao acesso para a Série C.

Campinense
(Foto: Divulgação/Campinense Clube)

O Sousa, além de vice-campeão estadual, ainda conseguiu outra grande façanha, conquistando uma vaga para a fase de grupos da Copa do Nordeste. O Dinossauro superou times como ASA-AL, Confiança-SE e ABC-RN.

Já o Botafogo obteve êxito na disputa por uma das vagas na fase de grupos das competições nordestina, superando Imperratriz-MA e Vitória-BA. Com isso, a Paraíba terá três times na Copa do Nordeste de 2022: Campinense, Sousa e Botafogo.

Foto: Divulgação/Botafogo-PB

Considerado um dos clubes tradicionais do futebol paraibano, o Treze, foi a baixa na temporada. O time que defendia a condição de campeão no ano anterior e terminou o certame de 2021 na quinta colocação, ficou fora das competições regionais e brasileiras em 2022.

A Segunda Divisão do futebol paraibano inovou concedendo acesso de três times: CSP (campeão), Sport LS e Auto Esporte.
Outra novidade no futebol da Paraíba, na temporada, foi a criação da Terceira Divisão que contou com apenas três equipes: Spartax (campeão), Paraíba e Santos.

O Campeonato Paraibano de Futebol Feminino apresentou o VF4 como campeão, superando o Botafogo da Paraíba na final. Esse foi o primeiro título do VF4 contra seis conquistas das botafoguenses.

Tóquio 2020

A Paraíba teve dois representantes conquistando medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, no futebol masculino, com as presenças do goleiro Santos e do atacante Matheus Cunha, com a Seleção Brasileira, campeã.

Matheus Cunha (Foto: Lucas Figueiredo/Divulgação)

Saindo o futebol, oito atletas paraibanos conquistaram medalhas nas Paralimpíadas de Tóquio em outros esportes. No atletismo: Petrúcio Ferreira com ouro nos 100 metros rasos e bronze nos 400 metros. Cícero Valdiran ficou em terceiro no pódio do lançamento de dardo.

No goalball masculino, da equipe campeã, integram a seleção brasileira os paraibanos Emerson Silva e José Roberto, enquanto no parataekwondo, Silvana Fernandes brilhou com o bronze.

Ainda teve ouro no futebol de 5 para os atletas Damião Robson, Matheus Costa e Luan Lacerda, já que a seleção do Brasil sagrou-se pentacampeã paralímpica. A comissão técnica foi composta pelos paraibanos Fábio Luiz (técnico), Josinaldo Costa (assistente técnico), Alexandre Sérgio (analista técnico), Edson Gomes (preparador físico) e Harekson Barbosa (fisioterapeuta).

Futebol de 5
Foto: Divulgação/Comitê Paralímpico Internacional

A natação brasileira no evento teve na equipe o enfermeiro paraibano Adeildo Dantas. O técnico do atletismo, Pedro Almeida, também é paraibano, assim como o treinador da seleção brasileira de vôlei sentado feminino, que levou o bronze, Agtônio Guedes.

Vôlei

Por fim, o paraibano Renato Andrew foi escolhido pela Confederação Brasileiro de Voleibol como um dos destaques na temporada.

Ele faturou nada menos do que quatro troféus no vôlei de praia na temporada. Além do de melhor jogador, ficou com os de revelação, jogador que mais evoluiu e craque da galera.

© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.