Início Geral

Esse tal de rock?n roll

Comecei a gostar de musica na garagem da Cesário Alvim 27, transformada em uma espécie de estúdio onde uma vitrola tocava os discos de Elvis Presley, Chuck Berry, Ray Charles e Bill Halley e seus cometas. O rock começava a fazer a cabeça da juventude daquele tempo, modificando os hábitos e costumes de uma geração que começava a ser apresentada à liberdade e à rebeldia também no cinema através de James Dean e Marlon Brando, que eram os anjos rebeldes daquela época.

Depois vieram os Beatles e, posteriormente, os Rolling Stones, a mostrarem a força de um som alucinante e irresistível. “Quando uma cabeça se abre a uma nova ideia, ela jamais será a mesma”, diz um pensamento de Bob Marley. E foi assim com o rock que ainda hoje possui milhões de seguidores em todo o mundo de pessoas que se intitulam apenas “roqueiros”, como forma de identificar o estilo livre e arrebatado que assumiram a partir do incremento das guitarras elétricas como forma predominante de expressão artística.

As sessenta anos ( um pouquinho mais do que isso ) me considero roqueiro. Embora não chegue à me enquadrar na turma do heavy metal, não resisto ao som cortante de um belo solo de Erick Clapton, à magia da guitarra de George Harrison, à agressividade de Keith Richard e aos embalos de Peter Frampton. Mais do que isso, o rock também invade o meu espírito na necessidade de me sentir livre, desatado, na forma de ser, de me vestir e de me relacionar com a vida.

A juventude é um estado de espírito. Disso estou absolutamente convencido com a chegada da maturidade que me traz experiência mas não me traz a velhice. E ser jovem, com essa energia , alegria e vontade de viver, tem, em muito, a minha formação roqueira que não me permite levar tudo tão à sério, que está sempre pronto a enfrentar desafios, sempre apto a novas descobertas.

Drogas, sexo e rock and roll. Nada disso. Para o roqueiro autêntico, que se emociona, que se entrega e que vive com a intensidade desse ritmo frenético e envolvente, basta apenas uma boa dose de rock para fazer a sua cabeça , estimulando o amor e a solidariedade.

Para quem não sabe, hoje é o Dia Mundial do Rock. Oh Yeah!

Banner Rodapé

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.