Estacine exibe ‘Uma quest?o de terra’ e ‘O Sonho de Inacim’ em JP

11
COMPARTILHE

Encerrando a programação do mês de junho, o projeto Estacine exibe neste final de semana os filmes “Uma questão de Terra” e “O Sonho de Inacim”. Os longas-metragens serão exibidos às 16h, na Estação das Artes Luciano Agra, prédio ao lado da Estação Cabo Branco – Ciência Cultura e Artes, no Altiplano, e fazem parte da mostra “Diretores Nordestinos”. A entrada é gratuita.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

“O diferencial do projeto, com relação aos outros lugares de exibição, são os filmes que são raros e geralmente não exibidos em João Pessoa, trazendo assim com eles educação, cultura e entretenimento”, disse a educadora de arte do setor de eventos da Estação Cabo Branco, Nyldete Xavier.

No sábado (27) o documentário “Uma questão de Terra” conta a história do assassinato da líder camponesa Margarida Maria Alves. O filme analisa os vários níveis de violência no campo. Dando voz aos trabalhadores rurais, questiona-se, de maneira contundente, o problema fundiário no país, especificamente no Estado da Paraíba. O documentário culmina com os três dias de votação da reforma agrária na Assembleia Nacional Constituinte de 1988.

No domingo (28) será exibido o drama “O sonho de Inacim”. O filme se passa no ano 2000, onde toda a cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, se prepara para comemorar o bicentenário de nascimento do seu ilustre fundador, o padre Ignácio Rolim, descendente de franceses que nos idos de 1800 criou um colégio e a partir dele fundou a cidade de Cajazeiras.

O filme mostra o Sertão de hoje com seus problemas, seu ritmo de vida, sua gente, seus costumes e ritos através do adolescente Inacim. O menino tem uma capacidade sobrenatural de voltar ao tempo e conversar com o Padre Rolim (José Wilker) através de sonhos. Suas revelações surpreendem e transformam a vida da cidade.

O filme teve direção de Eliézer Rolim e participação dos atores, José Wilker, Gabriel Batistuta, José Dumont, Marcelia Cartaxo e Zezita Matos.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas