Início Notícias

Estado anuncia reajuste de 5% em salários de servidores

O Estado da Paraíba anunciou nesta segunda-feira (20) reajuste linear de 5% nos salários de servidores. Descontada a inflação medida pelo Índice Nacional do Preços ao Consumidor (INPC) de 4,48%, registrada em 2019, o aumento real é de apenas 0,52%.

Leia também:

O reajuste vale para servidores efetivos ativos, inativos e pensionistas das administrações direta e indireta do Estado. Durante solenidade de posse dos mil concursados do magistério em João Pessoa, nesta segunda, o governador da Paraíba, João Azevêdo (sem partido), assegurou ainda os reajustes do salário mínimo e do piso do magistério.

De acordo com o gestor, as medidas econômicas irão gerar um impacto superior a R$ 340 milhões na folha de pessoal em 2020.

Salários de servidores da educação: professores

Para os 26,6 mil professores da rede estadual, o reajuste será de 12,84%, com ganho real de 8,36% ao se descontar a inflação de 4,48% medida pelo INPC. As remunerações dos professores, que têm carga horária de 30 horas, variam de R$ 2.381,06 para o professor de Educação Básica, classe B (nível 1) a R$ 5.604,56. O impacto na folha de pessoal será de R$ 160 milhões este ano.

Salário mínimo

Em janeiro, conforme a legislação federal, será pago o valor de R$ 1.039. A partir de fevereiro, o salário passa a ser de R$ 1.045. O aumento salarial representa um impacto anual de R$ 40 milhões na folha de pagamento do Estado.

No fim do ano passado, o Governo Federal editou uma MP com um reajuste de 4,1% no mínimo, que passou de R$ 998 para R$ 1.039. O valor correspondia à estimativa do mercado financeiro para a inflação de 2019, segundo o Índice Nacional do Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Porém, o valor do INPC acabou fechando o ano com uma alta superior, de 4,48%, e, com isso, deixou o novo valor do mínimo abaixo da inflação. Por lei, esse é o índice usado para o reajuste do salário mínimo, embora a inflação oficial seja a medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que fechou o ano de 2019 em 4,31%.

Com isso, o salário mínimo passou por novo reajuste, indo para R$ 1.045, que começará a valer em 1º de fevereiro.

Comentários

  • Leda disse:

    O pior é o servidor que receber apenas o minimo o Aumento dado por esse senhor com relação ao salário minimo real foi de 2 reais, isso é uma vergonha ainda quer empurrar um uma reforma com aliquota linear de 14% valida para quem ganha um salario e pra quem ganha milhares de reais por mês, e com certeza vai passar por que o pobre coitado não tem vez, quem ganha mais , sempre vai ganhar mais além de ter mais vantagem , logo chegara o dia que vamos ter que pagar pra trabalhar.

  • Marcos disse:

    No meu contra-cheque o aumento foi de 8,90. Pra quem recebe um mísero salario o aumento não chega nem a 1%. Ainda abre a boca pra dizer q deu 5% de aumento.

  • carlos sousa disse:

    o governo mente quando diz que dará aumento a todos os funcionários, pois os engenheiros eu fiquei sabendo que não irão receber esse aumento, foram excluidos!

  • elisabete disse:

    o governador não deixa claro se o reajuste dos professores também serão estendidos aos professores inativos.

  • Joao disse:

    Servidores Públicos seguem humilhados

  • JOSE GENIVAL DE SOUSA disse:

    no próximo dia 05 de fevereiro vamos mostrar pra que nos pagamos associação, vamos impor nossa condição de servidor do estado que sem segurança o estado para principalmente no período carnavalesco

  • JOSE GENIVAL DE SOUSA disse:

    so espero que as entidades de classe representativa dos policiais militares e civis do estado da paraiba não caiam nessa desse reajuste fajuta que o sr. governador esta oferecendo para quem já esta a mais de 08 anos sem reajuste e com uma causa já ganha na justiça e ele simplesmente diz que não paga e não paga mesmo onde estão as entidades e o poder judiciário para obrigar que a lei seja cumprida em nosso estado

  • Paraibaca disse:

    A ORCRIM do Girassol estuprou o estado por 8 anos. O Paraibaca paga imposto pra sustentar esses bandidos. A ALPB é inútil, improdutiva e só dá despesa, ou seja, continuamos ferrados.

  • Hudison disse:

    Sem falar os pobres prestadores , professores que tem as mesmas atribuições que se dedicam ao máximo e sequer não tem um mínimo de sensibilidade por nossos governantes, cadê o sintep a aplp setores que se dizem a favor do trabalhador . Seja efetivo concursados, prestadores todos estão no mesmo barco.

  • Antonio Eduardo Duarte de Azevedo disse:

    O Governador quer enganar o funcionário como se engana menino com pirulito.

  • carlos disse:

    onde estão os deputados que se dizem representantes do povo,eu digo a vocês não votem em ninguém,não produzem nada para a nação.

  • gilberto silva disse:

    A facção criminosa humilhando o servidor, esta na hora de uma greve pesada, não deixem os bandidos destruirem o resto do estado.

  • Barbatana Jeans disse:

    Entra ano e sai ano a não há correção na tabela do imposto de renda, desta forma cada vez mais pobres pagam IR, e as promessas de campanha a onde ficam?

  • Paulo Sintorio disse:

    Reposta a Ac:
    Acho voce tem juizo amigo… vem pra o debate

  • Ac disse:

    Juntaram ao cálculo os 3% da reforma da Previdência, os 08 anos do reicardo, e O Imposto de renda? O trabalho de destruição continua.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.