Moeda: Clima: Marés:
Início Entretenimento

Estudantes participam de evento internacional para criação de games

Alunos da escola de programação e robótica Super Geeks João Pessoa participarão do Global Game Jam, evento internacional que promove a criação de games. As atividades acontecerão durante 48h ininterruptas em várias partes do mundo e capital paraibana será uma das sedes da competição. A maratona de criação terá início às 17h (horário local) desta sexta-feira (26) no Centro Universitário de João Pessoa (Unipê).

Inovação, colaboração e experimentação: estas serão as palavras de ordem do Global Game Jam. “Será uma excelente oportunidade para os estudantes exercitarem o trabalho em grupo e o desenvolvimento das ideias para a criação de jogos inovadores”, avaliou o professor de ciência da computação e proprietário da unidade da Super Geeks João Pessoa, Marcelo Cainelli, lembrando que as crianças e adolescentes serão acompanhados pelos pais durante o evento.

Os alunos da Super Geeks já desenvolveram cerca de 60 jogos com os conhecimentos adquiridos durante as aulas. Esta produção será apresentada no dia 3 de fevereiro em João pessoa.  “Temos uma metodologia voltada para crianças e adolescentes, utilizando plataformas lúdicas e divertidas, que ajudam os nossos alunos a pensar de forma criativa, raciocinarem sistemicamente e trabalharem de maneira colaborativa”, explicou Cainelli.

A Super Geeks é a primeira escola de computação voltada para crianças instalada em João Pessoa. A franquia, pioneira no mercado brasileiro, oferece curso regular de 14 fases, cada uma com 16 aulas de 1h30 de duração. Da Fase Zero, onde os alunos têm contato com o mundo da lógica e da programação através da produção de games e robótica, até as fases mais adiantadas, nas quais são apresentadas linguagens profissionais como Python, Ruby, Java Scritp, CSS, HTML, games em 3D, inteligência artificial, entre outros. O método também oferece aos pequenos, noções básicas de empreendedorismo.

A escola segue uma tendência mundial que ressalta a necessidade de domínio da programação de computadores para os profissionais do futuro. “A automatização e a robotização são uma realidade e estão impactando diretamente as profissões e a sociedade. Ter pessoas preparadas para este novo modelo profissional, é fundamental. E a linguagem da computação pode ser aprendida por todos, de crianças a idosos”, disse Marcelo Cainelli.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.