Executivo do Google diz em JP que ? preciso criar meios de arquivar produ??o digital

28
COMPARTILHE

O presidente da Chief Internet-Evangelist do Google, Vinton Gray Cerf, mais conhecido como Vint Cerf, na abertura do Fórum da Governança da Internet, alertou às autoridades mundiais para a necessidade de criação de um meio de arquivar toda produção digital da atual geração. “Não é verdade que ela ficará para eternidade. É perfeitamente compreensível e passível que daqui a 100 anos a interpretação é que nós integrávamos a ‘área negra’ da internet”, disse.

Leia também: IGF começa com ‘Day 0’, autoridades e representante da ONU em JP; veja fotos

Ele foi um os principais convidados da abertura do IFG, que é um fórum mundial promovido pelas Organizações das Nações Unidas (ONU) e que está sendo realizado no Centro de Convenções de João Pessoa, no Litoral Sul da capital paraibana. É a primeira vez que um IFG é realizado no Nordeste a segunda no Brasil.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Vint Cerf disse ainda que, apesar dos números astronômicos, a internet atinge 40% da população mundial. Ou seja, mais da metade ainda está desconectada da rede mundial de computadores. Ele defendeu a realização de outros Fóruns de Governança da Internet e lembrou que é neles que são apresentadas as políticas por vários setores.

O executivo da Google frisou que a humanidade vive o pico dos acessos com a internet das coisas e é preciso ter conhecimento para onde a humanidade está seguindo. “A internet precisa ser aberta, acessível e a preço justo para todos. Todas as pessoas do mundo deveriam ter acesso à internet”, defendeu.

Segundo o representante do Google, a governança da internet tem que garantir a confiança do público. “A responsabilidade da governança é do setor público, do setor privado e dos que acessam a rede. Temos que trabalhar para ter uma internet de forma dedicada e inteligente”, disse.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas