Início Geral

Expectativa do consumidor fica estável em junho, revela pesquisa da CNI

Depois da queda de 2,5% em maio, o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) ficou estável em 100,5 pontos em junho. O indicador está 0,5% abaixo do registrado em junho de 2016 e 7,4% menor do que a média histórica (108,5 pontos), de acordo com pesquisa divulgada nesta sexta-feira (23), em Brasília, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Quanto menor o índice, mais pessimista é a avaliação dos consumidores. Comente no fim da matéria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

“A confiança do consumidor se mantém estável em patamar baixo, sendo incapaz de estimular uma recuperação do consumo suficientemente forte para impulsionar a atividade econômica”, disse a CNI.

De acordo com a pesquisa, as expectativas dos brasileiros para os próximos seis meses em relação à inflação, ao desemprego ao endividamento e à situação financeira ficaram estáveis em junho frente a maio.

Perspectiva sobre a renda tem melhora

Segundo a pesquisa, só a perspectiva sobre a renda pessoal teve uma melhora significativa em junho. O indicador de expectativas da renda pessoal aumentou 2,1% na comparação com maio. Mesmo assim continua 0,8% abaixo do verificado em junho do ano passado.

O indicador de expectativas de compras de bens de maior valor, como móveis e eletrodomésticos, recuou 1% e o de endividamento caiu 0,9% em relação a maio. Isso significa que aumentou a cautela com o consumo e as pessoas estão mais endividadas, explicou a CNI.

Esta edição do Inec, feita em parceria com o Ibope Inteligência, ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios do país entre os dias 8 e 12 de junho.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.