Início Geral

Exposição itinerante com ensaios do prêmio Pierre Verger é aberta nesta sexta em JP

Os ensaios fotográficos da VIII (8ª) edição do Prêmio Pierre Verger, um dos mais importantes antropólogos francês que residiu no Brasil, poderão ser vistos a partir desta sexta-feira (18) no salão principal da Estação das Artes, no Altiplano. A exposição será aberta as 16h30 e fica em cartaz até o dia 20 de dezembro, com entrada aberta ao público de todas as idades.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

Serão expostos nove ensaios fotográficos, com 80 fotografias em preto e branco e coloridas resultado do Prêmio Pierre Verger 2016, que aconteceu na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). O prêmio teve por objetivo premiar produções fotográficas de cunho antropológico, que apresentaram qualidade técnica, heurística e estética reconhecida na área.

No local haverá também uma televisão com a retrospectiva dos 20 anos do Prêmio Pierre Verger, que é uma iniciativa da Associação Brasileira de Antropologia (ABA). O prêmio obteve reconhecimento nacional e internacional entre os cientistas sociais, em especial dos antropólogos, por promover e divulgar o uso da imagem no contexto da produção da pesquisa etnográfica. A iniciativa é considerada pioneira e foi recebida com entusiasmo por vários segmentos da sociedade por seu valor de difusão cultural.

Na Paraíba, os cursos de graduação e pós-graduação em Antropologia da UFPB, entre os anos de 2007 e 2011, contribuíram para pesquisas que eram desenvolvidas na área de ciências humanas. O uso de imagens pela antropologia, por sua vez, constitui também uma tendência consolidada, a qual permite articular pesquisa científica, linguagens artísticas e difusão cultural.

Na edição fotográfica deste ano foram vencedores Bruno José de Araújo Florêncio (1º lugar – Homens de couro), Gustavo Hamilton de Sousa Menezes (2º lugar – Libertando Raxayõma – o ritual da fartura entre os Yanomami de Ariabú, região de Maturacá – AM) e Rodrigo de Azeredo Grünewald (Menção honrosa – Na Casa de Gentio). Depois de João Pessoa, a exposição segue para Recife (PE) e São Paulo (SP).

As premiações decorrentes do concurso Pierre Verger são, atualmente, tomadas como exemplos de qualidade técnica e conceitual na forma como elas veiculam o conhecimento antropológico no interior da comunidade científica, atingindo um grande público.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.