Exposi??o ‘Primeiras Impress?es’ ? aberta na Esta??o Cabo Branco, na Capital

22
COMPARTILHE

“Que haja transformação, e que comece comigo”. Foi pensando nisso que o fotógrafo Ricardo Peixoto concebeu a exposição fotográfica ‘Primeiras Impressões’ que será aberta oficialmente nesta quarta-feira (29), às 18h14, galeria da Estação das Artes Luciano Agra, prédio ao lado da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano, em João Pessoa.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

A entrada é aberta ao público de todas as idades. A exposição ainda não tem previsão de data para encerramento. O horário de visitação é de terça à sexta-feira das 9h às 21h. Sábados, domingos e feriados das 10h às 21h. ‘Primeiras Impressões’ está inserida na programação de aniversário da Estação Cabo Branco, que no dia 3 de julho completou set anos de atividades artística, culturais e educativas gratuitas para a população.

No mesmo dia, o fotógrafo Ricardo Peixoto estará lançando a revista que leva o mesmo nome da exposição (Primeiras Impressões), que segundo ele, concretiza a exposição e se torna um documento de acervo que fica como fonte de referência para estudos e pesquisas.

Na exposição o visitante irá encontrar painéis impressos, montados no suporte de lona nos tamanhos de 1 x 1 metro (20) e 2 x 3 m (7) com textos e frases que relatam os trabalhos produzidos pelos alunos do Laboratório que integra o Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, por meio do Ministério das Cidades, Estado da Paraíba, Companhia de Habitação Popular (Cehap); Caixa Econômica Federal em parceria com a Associação dos Mecânicos Profissionais de Veículos Automotores do Município de Mamanguape e da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes.

Primeiras Impressões é fruto do Projeto de Trabalho Técnico Social realizado no Residencial Nossa Senhora da Penha I, localizado no município de Mamanguape, micro região do Litoral Norte do Estado da Paraíba. O projeto foi planejado em um ano e executado em três meses na cidade de Mamanguape, entre os meses de janeiro a março de 2015 e contou com a participação de 14 moradores da comunidade entre crianças, jovens e adultos. A oficina fotográfica foi ministrada pelo arte-educador Alexandre Gadelha, com curadoria do fotógrafo Ricardo Peixoto, da Ensaio Brasil Produções Ltda.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 3214.8303 ou 3214.8270.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas