Início Geral

Falhas nas atas das conven??es podem impugnar candidaturas

O procurador regional eleitoral da Paraíba, Rodolfo Alves Silva, disse ontem que falhas em documentação podem resultar na impugnação de todas as candidaturas do partido e coligação envolvidos na irregularidade. Segundo ele, o Ministério Público Eleitoral (MPE) vai analisar de forma detalhada se as atas apresentadas no ato dos pedidos de registros de candidatos à Justiça Eleitoral estão em conformidade com aquilo que foi aprovado nas convenções partidárias, encerradas na segunda-feira.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

De acordo com o procurador, a ata é um documento formal feito pelo partido, em atendimento ao que determina legislação eleitoral, que deve reproduzir aquilo que foi objeto de discussão e deliberação durante a convenção. “Entendemos que é um documento que deve estar pronto e encerrado no dia 30 de junho. Não tem como uma ata, para esta finalidade, ser alterado ou modificado no dia 1º, dia 2, dia 3 ou dia 4 de julho”, declarou.

Rodolfo Alves enfatizou que há especulações sobre eventuais alterações das atas das convenções e que algumas estariam em aberto, para inserção de dados e informações que não são aquelas que foram objeto de deliberação nas convenções que definiriam os candidatos dos partidos, coligações e também o rumo político de cada legenda.

Leia a matéria completa na edição desta sexta-feira do jornal
Correio da Paraíba.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.