Moeda: Clima: Marés:
Início Policial

Falso ‘personal trainer’ é preso atendendo alunos em condomínio da Grande João Pessoa

Investigações da Polícia Civil começaram a partir de denúncias recebidas pelo Conselho Regional de Educação Física da Paraíba (CREF10/PB)
personal trainer
Identificação do suspeito não foi divulgada pela polícia (Foto: Divulgação/CREF10)

Um homem de 34 anos foi preso nesta sexta-feira (20) atuando ilegalmente na profissão de Educação Física como falso personal trainer. A prisão ocorreu enquanto ele dava aula a um grupo de alunos em um condomínio no bairro de Intermares, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. A identificação do suspeito não foi oficialmente divulgada pela polícia.

A prisão foi feita por equipes da Polícia Civil, sob o comando do delegado Gustavo Carletto, da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio. As investigações partiram de denúncias recebidas pelo Conselho Regional de Educação Física da Paraíba (CREF10/PB).

“Pelo que apuramos, o homem é do estado de Alagoas e estava atuando na Paraíba há algum tempo. Já estávamos monitorando as atividades dele e, nesta sexta-feira, conseguimos êxito na ação, com a polícia”, declarou o presidente do CREF10, Paulo Ferreira.

“É importante ressaltar que buscamos sempre valorizar a profissão e não admitimos qualquer atitude de pessoas que querem desqualificar a nossa classe”, complementou.

O suspeito poderá responder pelo exercício ilegal da profissão e falsificação de documento.  

O Conselho de Educação Física disponibiliza alguns canais de comunicação para denúncias sobre o exercício ilegal da profissão. As denúncias podem ser feitas pelo site www.cref10.org.br ou pelo Telefone: 83 98832-0237 (WhatsApp). 

Comentários

Alex disse:

Nesse país qualquer pessoa é professor. A profissão de professor é muito desvalorizada.

Alex disse:

Nesse país qualquer pessoa é professor.

Vida brasileira disse:

Divulga a cara desse sujeito. …

Socorro Nóbrega Queiroga disse:

Por que não divulgam o nome do malandro? Classe A, é? Logo vi.

Felipe disse:

A tal da reserva de mercado… Apenas no Brasil se exige o tal do CREF em outros países a burocracia é muito menor e mais inteligente… Aqui querem reservar o mercado de atividades físicas para quem faz educação física… Absurdos do Brasil… Quem sabe um dia evoluíremos…

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.