Início Geral

Falta medicamento para infarto e gestantes em João Pessoa; Saúde explica

Leitores do Portal Correio denunciaram a falta do medicamento Clexane na rede pública de Saúde de João Pessoa. A medicação é injetável e utilizada em gestantes para evitar coágulo sanguíneo ou no tratamento de infarto. Em um dos locais de distribuição do medicamento, a Maternidade Cândida Vargas, o Clexane está em falta há cerca de 45 dias.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o leitor, a esposa dele depende da medicação para evitar problemas na gravidez. Além dela, outras gestantes também estão com medo de desenvolver problemas causados pela falta da injeção.

Você pode participar pelo WhatsApp do Portal Correio

“Minhas esposa, assim como muitas gestantes que fazem uso da medicação Clexane, precisam fazer uso desta todos os dias. Caso isso não ocorra, põem em risco da mãe e da criança. Já fazem 45 dias que não tem essa medicação no Cândida Vargas e o que nos informam é que não existe uma definição sobre a volta da distribuição do Clexane”, contou o leitor.

A Secretaria da Saúde de João Pessoa disse ao Portal Correio que a prefeitura está promovendo um processo administrativo para adquirir o medicamento.

“De acordo com a Gerência de Medicamentos e Assistência Farmacêutica (Gemaf) da Secretaria Municipal de Saúde, o processo administrativo para aquisição do Clexane está em andamento e a SMS está aguardando o fornecimento para regularizar o abastecimento da Rede Municipal de Saúde”, disse a assessoria.

Ainda segundo a assessoria, a prefeitura ainda não sabe quando a distribuição do medicamento vai voltar ao normal.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.