Início Geral

Felip?o se irrita com insinua??es chilenas sobre arbitragem: ?N?o precisamos de ajuda para vencer?

O treinador da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, rebateu declarações de jogadores chilenos sobre o Brasil contar com uma possível ajuda da arbitragem no confronto de sábado (28). O atacante Alexis Sánchez chegou a dizer que se preocupa mais com a atuação da arbitragem do que com o time de Scolari. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (27), Felipão chamou de ridícula e desrespeitosas as insinuações do jogador.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

“Vamos falar uma única vez. A imprensa do Chile tem insistido. Isso é pressão que soa ridícula. Não é desrespeito só com a Fifa, é com o árbitro, com a Seleção, com pessoas que trabalham sério, desrespeito com o povo. O Brasil não precisa de árbitro para ganhar título”, disse Scolari.

Valdivia e membros da comissão técnica do Chile também questionaram a escalação de Howard Webb para apitar o primeiro jogo das oitavas de final. Ele é o mesmo árbitro que comandou o confronto entre brasileiros e chilenos na Copa da África do Sul. Na ocasião, o Brasil venceu por 3 a 0.

No histórico de confrontos entre as seleções, o Brasil leva vantagem. Foram 68 jogos, dois quais o time tupiniquim venceu 48, contra 13 empates e sete derrotas. Apesar desses dados, Felipão pediu cautela e disse que os brasileiros não devem confiar no favoritismo. Ele elogiou os adversários e atribuiu ao técnico Jorge Sampaoli a qualidade tática do time chileno.  

“São dados estatísticos. Esse time do Chile é de 2014, não dos anos 60. Para nós, não interessa esses dados. A chegada do Sampaoli deu uma nova dinâmica. Uma performance muito melhor, os jogadores adaptados ao esquema. A partir da chegada dele, a equipe produziu de tal forma que tem um patamar acima que estava”, ponderou.

Brasil e Chile se enfrentam às 13h deste sábado (28) no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.