Início Geral

Festas de S?o Pedro no Sert?o acabam em viol?ncia e deixam secret?ria e mais tr?s feridos

Um série de troca de socos, empurrões e muita pancadaria acabou duas festas de São Pedro realizadas no fim de semana nas cidades de Itaporanga e Catingueira, no Sertão do Estado, a cerca de 350 quilômetros de João Pessoa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com informações da polícia em Itaporanga, depois de uma confusão que ocorreu em cima do palco, por volta das 4h, no momento em que uma banda de forró ainda se apresentava, a secretária de Administração do município, Jailma Alves de Sousa, foi atingida por um copo de vidro. Ela teve ferimentos leves no braço e no rosto.

Além dela, o marido também ficou ferido após ser agredido no rosto. Um estudante de medicina, suspeito de ter atirado o copo que atingiu a secretária também acabou ferido no rosto. Ele foi encaminhado para a delegacia onde prestou depoimento e depois foi liberado para responder as acusações em liberdade.

A polícia ainda não sabe como começou a confusão e irá apurar o caso para chegar aos responsáveis pelo tumulto que acabou com a festa.

Já no município de Catingueira, uma festa de quadrilha tradicional do São Pedro acabou em muita pancadaria. Um vídeo foi feito durante a briga e postado na internet.

O comandante da Companhia de Polícia local, sargento Valmir, informou que um jovem ficou ferido com um corte na cabeça e a polícia já está analisando as imagens postadas na internet para apurar o caso e chegar aos responsáveis pela confusão.

Ele informou que o rapaz que foi ferido na cabeça foi preso por ter, após a confusão, provocado um quebra-quebra em uma residência que seria da mãe de um suposto agressor.

“Ele foi até uma residência e quebrando a porta da frente, entrou e quebrou todos os móveis da casa. Por sorte não tinha ninguém no momento em que ele invadiu o imóvel”, disse. Sargento Valmir informou que o jovem foi detido e levado para a delegacia de Piancó, onde prestou depoimento e foi liberado para responder as acusações em liberdade.

O militar adiantou que quatro rapazes que aparecem nas imagens postadas na internet foram intimados e devem ser ouvidos pela polícia nesta terça-feira (1º). “Um deles pode responder pelo crime de lesão corporal e outros três por agressão.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.