Flu?ncia em ingl?s faz com que sal?rios de secret?rias cheguem a at? R$ 8,4 mil

27
COMPARTILHE

A fluência em outras línguas pode fazer com que secretárias tenham um ganho salarial superior à média da maioria dos brasileiros. Os dados são de uma pesquisa da Catho e mostram que a secretária que sabe inglês fluente pode ganhar até R$ 8,4 mil por mês.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A pesquisa mostrou que o ganho médio das secretárias brasileiras que não possuem ensino superior ou curso de idiomas gira em torno dos R$ 1.467,40.

O conhecimento do inglês e o nível de graduação são alguns dos diferenciais que podem influenciar salários maiores e facilitar a trajetória profissional. Com a adição de fluência em outro idioma o salário médio pode saltar para R$ 3.813,80. Caso esse idioma seja o inglês em nível avançado, a remuneração atinge os R$ 8,4 mil mensais.

Caso a qualificação da secretária seja em dois idiomas a remuneração média vai para os R$ 5.925,60. Se aliado a fluência em outro idioma a secretária possuir uma pós-graduação ou MBA a remuneração sobe para a média dos R$ 6,6 mil.

Aprender e ser fluente em outro idioma é uma das preocupações de Daniela Sales, que trabalha na área de secretariado há três anos.

Para Daniela, que possui uma renda média mensal de R$ 1,1 mil, uma iniciação em um curso superior ou em um curso de idiomas faria com que o seu currículo e sua renda média mensal melhorassem.

“Para alguém que não tem um curso superior ou de idiomas acho minha renda média mensal boa. Pretendo investir em um curso de administração e um curso de línguas para poder ganhar um pouco mais”, contou Daniela.

Já Ana Alícia, que é jovem aprendiz e trabalho na área há quase um ano, saber falar outra língua é fundamental para uma ascensão profissional.

“O salário atual acho satisfatório e tem sido legal a experiência, já que é o meu primeiro emprego. Não tenho curso de idiomas, mas aprendi sozinha a falar um pouco de espanhol. Pretendo estender minha qualificação e fazer um curso de frânces para melhorar ainda mais meu currículo e meu salário”, disse Ana Alicia.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas