Início Saúde

Frases podem indicar sofrimento mental, alerta psiquiatra do HULW 

Transtornos como depressão, esquizofrenia e bipolar são os principais fatores de risco para a pessoa cometer suicídio
Pessoa sofrendo saúde mental
(Foto: Divulgação/UFPB)

Não quero mais viver”. “Queria que Deus me levasse daqui”. “Não vejo mais sentido para a vida”. “Vou deixar vocês em paz”. “Eu sou um peso para as pessoas”. Se você tem ouvido frases desse tipo de pessoas do seu convívio pode ligar o sinal de alerta. Isso porque o autor dessas declarações pode estar necessitando de ajuda. No mês de prevenção ao suicídio, o médico psiquiatra do Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW-UFPB/Ebserh), Mário Vasconcelos, fala sobre o assunto que ainda tem sido tabu para a sociedade. 

“É muito importante familiares e amigos, ao ouvir esse tipo de frase, tentar entender melhor o sofrimento da pessoa e auxiliar de uma maneira empática, orientando busca pelo cuidado de saúde mental. A maioria das pessoas que comete o suicídio avisou ou deu sinais prévios ao ato”, adverte o especialista, que atua como coordenador do Ambulatório de Psiquiatria do HULW. 

Os transtornos psiquiátricos como depressão, esquizofrenia, transtornos por uso de substância e bipolar são os principais fatores de risco para a pessoa cometer suicídio. Mas não são os únicos. Entre as causas estão ainda baixo suporte social, tentativas de suicídio prévias, abuso infantil, acesso a meios mais letais (como armas), perda de emprego e isolamento social.  

“Outras doenças clínicas incapacitantes ou sem possiblidade de cura também representam risco. Lembrando que, muitas vezes, o ato se dá por uma junção de fatores, não apenas por um isolado”, explica Mário. Segundo estimativas, população indígena e pessoas do sexo masculino estão mais propensas ao ato.  

Quanto melhor o tratamento e o suporte social, melhor será o desfecho e menor o risco da ocorrência do suicídio. Um trabalho conjunto envolvendo psicólogo, psiquiatra e família ajuda a diminuir significativamente as chances de a pessoa cometer o ato.  

“A intervenção vai depender de paciente para paciente, mas todos devem passar por avaliação psiquiátrica para saber se há um transtorno mental subjacente e iniciar o tratamento adequado. Também é obrigatório o acompanhamento psicológico para que sejam trabalhadas as angústias, os gatilhos e promover meios de resolução de problemas que levem a desfechos favoráveis”, citou. 

Como ajudar

Pessoas com risco alto de suicídio devem ficar sob supervisão constante de um responsável. A primeira atitude diante do menor sinal é conversar sem julgar, sem recriminar, sem diminuir o sofrimento da pessoa. O segundo passo é retirar do alcance todos os meios que possam ser utilizados como objetos como faca, punhal, navalha, cordas, cordões, fios, veneno e demais substâncias químicas. Outra orientação para os familiares é recolher e trancar medicamentos, inclusive os indicados para hipertensão arterial, diabetes, e os analgésicos. Se a pessoa mora em prédio, importante colocar telas ou grades em todas as janelas.  

Em João Pessoa, o atendimento para esses casos pode ser feito no Pronto Atendimento em Saúde Mental (Pasm), localizado no Complexo do Hospital de Trauma de Mangabeira. Existem também os Centros de Atenção Psicossocial espalhados por alguns bairros da cidade que tem a finalidade de acolher pessoas em sofrimento mental. Outro meio é o Centro de Valorização da Vida (CVV), que funciona através do telefone 188 e também via e-mail e chat através do site https://www.cvv.org.br/. 

Comentários

  • Lazinha Castro disse:

    Suely Barros Castanharo, meu recado é para vc. Levante a cabeça, olhe para o céu, nem que seja de uma fresta de sua janela, converse com Deus, diretamente, papo reto, entre vc e ele, peça com humildade e fé, que ele cure sua depressao, e ele curara, na hora dele, espere e confie. Sempre que tiver pensamentos ruins, converse com Deus, mas sempre olhando pro céu, ele estará sempre la, esperando seu clamor, para aliviar seu sofrimento. Deus nao quer seus filhos sofrendo, mas temos uma cruz a carregar, carregue-a, sem reclamar, mas sim clamar, para que ele volte os olhos para voce, e te cure. Estou passando por problemas enormes, por quais nunca imaginei passar, minha vida foi atingida por um enorme furação, estou sofrendo muito, doenca grave, desemprego, dívidas, filha com depressso profunda, com pensamentos suicidas, mas não me desespero, rezo o tempo todo, descobri uma fé que não conhecia, e estou amando. Rezo todos os dias para São Miguel Arcanjo, São Bento, terço de Cura e Libertação, para mim e minha filha, e converso com Deus olhando pro céu, e ele me atende sempre, em pequenos milagres, mas eu creio que na trmpo dele, que não é o nosso) ele vai curar a mim e à minha filha. E vou te colocar em minhas orações também. E seremos curadas, na hora de Deus. Amem? Salmo de Davi: ” Esperei com paciência pelo senhor, ele se voltou para mim, e ouviu meu clamor. Tirou-me de um poço de desespero, de um atoleiro de lama. Pôs meus pés sobre uma rocha, e firmou meus passos.

  • Amaury de Carvalho Lemos disse:

    Bom dia. Aqui e Amaury. De Campanha. Sul de Minas Gerais. Gostei muito do texto acima. Falando das pessoas que pensam em cometer suicidio. Teve uns anos atras que eu era uma dessas pessoas. Mesmo tratando da esquizofrenia corretamente. Estava dividido achando que ia morrer indo para o ceu e querendo ainda ficar por aqui. Entrei em um embate com Jesus Cristo. Pedindo para Ele me deixar ficar. E Ele intercedeu junto a Deus Pai Todo Poderoso. por mim. E me deixou ficar. Montei um Projeto. denominado Seguindo em Frente. Em 2019

  • MARTA disse:

    Nossa gente que tristeza quem passa por isso ,mas ainda bem que hoje as coisas por mais dificieis tem muitos meios de comunicação e antes que era bem pior ,pessoas mais ignorantes lógico que ainda tem ,mas tem muitas pessoas boas e acolhedoras e não é frescura depressão e uma enfermidade e tem tratamentos e as pessoas com depressão querem se livrar da dor e não querem morrer ,semana passada eu e meu esposo fomos socorre o vizinho da minha sogra tomou uns 50 comprimidos pra se matar ,pensam numa situação terrível graças a Deis ele está fora de perigo então vamos ajudar nosso próximo seja no que for #juntos contra o suicídio #Deus e mais

  • Silvana disse:

    Por favor a todos que passam por isto procure uma igreja universal mais próxima sofri muito com bipolaridade e só lá fiquei livre desta doença acreditem eu me currei

  • Joyce Campos disse:

    SUELY Barros, sinto o mesmo que você. As pessoas que estão bem não podem sentir o que sentimos. Mesmo toda empatia alheia não pode experimentar nossa dor. Eu procuro um novo propósito, um bom sentimento, evito pensar nas coisas ruins para superar os dias. O melhor a fazer é mostrar força dando a volta por cima!

  • Marlene de Paiva Moura disse:

    Boa Noite
    Eu vivi um casamento de quase 40 anos muito conturbado, por causa das traições dele, queria muito ser amada por ele, que ele fosse fiel a mim, mas ele era incorrigível, por isso “pedia pra Deus me levar”, não tirei minha vida porque não queria que a minha morte não me trouxesse problemas na eternidade, seria melhor DEUS me levar, por isso passava muitas vezes três dias dentro do meu quarto pedindo, implorando pra Deus me levar, Ele escutou os meus pedidos, permitiu que eu tivesse um câncer de mama ductal infiltrantrante com metástase, daí comecei a lutar pela vida! Precisei ser desenganada pra querer viver. Não queria mais partir, clamei a DEUS me deixar ficar e cuidar do meu filho mais novo com apenas 11 anos, pois ele levou o menino pra passar um dia com ele e a amante, o menino ficou doente, não queria ficar sem mim, então
    clamei a DEUS e Ele teve misericórdia e me deixou viver, já fazem 15 anos que isso aconteceu.
    De uma coisa eu tenho certeza: DEUS escuta nossos pedidos, então devemos ter cuidado com nossas palavras, querer que as coisas seja como a gente quer, nos torna tão obcecados por aquilo queremos, que se não conseguirmos, queremos morrer! No meu caso eu queria ser feliz no casamento, não enxergava mais nada, perdi de vista todos ao meu redor, então pra mim era melhor morrer do que não ser realizada no meu casamento, daí fiquei doente e a amante deve ter ficado aguardando a minha morte pra se tornar esposa e ele piorou porque agora eu estava muito doente. Fui buscar mais a DEUS e descobrir que é possível ser feliz sozinha, percebi que não devemos depender de ninguém pra ser feliz ☺ mas de DEUS e de nós mesmos. Glória a DEUS!!!

  • Virginia Ferreira disse:

    Suely barros, não posso avaliar seu sofrimento, pois cada pessoa reage de forma diferente diante de uma traição, uma decepção, um abandono, uma frustração, um relacionamento abusivo ou qualquer outra situação que possa causar um sofrimento psicológico, mas posso falar que existem outras possibilidades de mudança, mas isso só você poderá decidir com ajuda profissional de um psicoterapeuta, você diz que faz terapia, não sei a quanto tempo, se caso você não esteja se sentindo acolhida, você pode mudar de terapeuta, é uma opção, mas não busque aconselhamento aleatório, o profissional tem métodos, e conhecimento que te ajudará a se auto perceber, desenvolver seu potencial e descobrir outras possibilidades de mudança. Você tem valor, é importante e capaz não permita que nada nem ninguém te mostre ou diga o contrário, você é guerreira e vai vencer.

  • Edna Maria Silva disse:

    Gostei dos esclarecimentos, tenho uma filha que tinha uma vida bem diferente da que ela vive hoje, antes era alegre e cheia de vida, hoje uma tristeza muito grande e chora,não sei o que faço.

  • Luciana disse:

    Suely Barros Castanharo, eu te entendo companheira. A dor da traição é muito difícil. E quando a gente está no olho do furacão parece que a gente nunca mais vai conseguir sair, mas o tempo cura tudo, ameniza os sentimentos, cicatriza as feridas. Não volte o sentimento negativo que seu ex parceiro te faz sentir contra vc mesma. Ele não merece isso. Ele vai continuar por aqui, seguindo a vida dele e a culpa vai passar. Então, a melhor vingança, é se reerguer. Procure um profissional de saúde, uma terapia, um médico pra te dar um suporte psicológico neste momento e tenha a certeza de que o tempo vai ser o seu melhor aliado, o tempo cura tudo e vc vai voltar a se sentir feliz. Não desista da sua vida por conta de ninguém. Sua vida é valiosa demais. Você é especial demais, pode ter certeza disso

  • Luana disse:

    Bem… Muito interessante eu antigamente já tentei me suidar-me e tomar remédios achei muito interessante isso proteger muitas pessoas tb

  • Maria José Costa disse:

    Meu irmão sempre gostou de viver e sempre falava eu me amo eu sou lindo e em uma separação conturbada não suportou cometeu esse ato há 11meses nós deixando sofrendo eu conversei com ele 2 dias antes do ocorrido e parecia normal se tivesse me falado algo que pudesse me alertar acho que estaria vivo amo muito meu irmão para sempre

  • Thais disse:

    Suely, também estou passando por algo parecido, se vc quiser conversar meu Twitter é @ThaisstarlingH.e chame DM , te darei meu zap . Juntas, somos mais fortes!!!

  • Rosa Amarílis Alves de Araújo disse:

    Excelente texto sobre os distúrbios e ou doença mentais que levam pessoas a cometerem o suicídio! Nunca é tarde para buscar ou oferecer ajuda aos sobreviventes!

  • Suely Barros Castanharo disse:

    Bom dia,
    Sei que estou doente, sei o motivo, sei que depende de mim melhorar, mas a vontade de morrer me ronda muito, pois assim terminaria o sofrimento e a angústia muito grande que estou sentindo, tudo por causa de um fim de casamento que foi com uma traição muito grande para mim, já faço terapia, mas se alguém puder me ajudar com palavras de conforto eu agradeço.

  • [email protected] disse:

    Meu filho sofre com esse problema uma hora ele esta bem,depois muda de uma outra pra outra eh muito dificel passar por essa situac

  • Emerson Morais disse:

    Olá Dr Lauro! Tudo bem? Sou paciente e sofro de esquizofrenia desde a infância. Sei que essa doença é curável! A maioria dos psiquiatras não entendem esta doença. Tenho várias descobertas registradas no Livro de registros de achados e patentes médicas. São de importância para a psiquiatria. Neste livro tem um achado de um paciente amigo meu, William era o nome dele. Ele descobriu uma técnica para cura da esquizofrenia que está registrado neste livro. A técnica eu sei, não lembro como era o desenho. Estou procurando por este livro a muito tempo. No meu caso a coisa ainda é mais difícil, todas as vezes que fico curado, aparece um anjo que me joga loucura de novo na cabeça. Se você puder me ajudar ficarei imensamente grato. Emerson de Morais

  • Maria Auxiliadora e Silva disse:

    Tenho uma irma que tentou o suicidio quatro vezes e fala direto sbre suicidar_se.
    É acompanhada pelo psiquiatra e psicologa sem muito sucesso

  • Luciane Mota disse:

    Muito esclarecedor o artigo. Compartilhei com meus grupos.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.