Frente do Semiárido da ALPB promove debate com representantes dos Arranjos Produtivos Locais da Paraíba

Foto: Divulgação

A Frente Parlamentar pelo Desenvolvimento do Semiárido da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou uma Reunião Ordinária, nesta quarta-feira (29), com o objetivo de debater o Plano Estadual para o Fortalecimento e Desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais da Paraíba (PLANES/PB). A reunião presencial ocorreu no prédio da Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep), em João Pessoa, e foi conduzida pela presidente da Frente, Pollyanna Dutra, que idealizou a agenda, e contou com a presença do deputado Chió, de representantes de nove arranjos produtivos e da Fiep-PB.

De acordo com a deputada Pollyanna, o desenvolvimento da Paraíba depende de um olhar voltado às especificidades regionais. “Nós da Assembleia Legislativa compreendemos que o desenvolvimento tem que passar pela regionalidade, não pode acontecer o desenvolvimento só no Sul e Sudeste do país, muito menos só no litoral da Paraíba. O desenvolvimento é imperativo e precisa incluir todos. Os saberes regionais importam e, na verdade, são fundamentais para que a Paraíba entre no circuito global de desenvolvimento”, destacou a deputada Pollyanna Dutra.

Durante a reunião, representantes dos Arranjos Produtivos expuseram o Plano e destacaram as principais necessidades de cada um dos APLs da Paraíba. Representando os setores estiveram presentes Adelaido de Araújo Pereira, representando o Grupo de Trabalho da Mandiocultura; Wendell José de Lima Melo, coordenador do APL da Avicultura Caipira; Tobias da Silveira Lopes, coordenador do APL da Abacaxicultura; João Ferreira Gonçalves Filho, coordenador do APL da Apicultura e Meliponicultura; Francisco Rubens Remígio, coordenador do APL da Caprinovinocultura; Genyson Marques Evangelista, coordenador do APL da Aquicultura; Vinícius Pedrosa, representante dos produtores de inhame e secretário de agropecuária e pesca do Conde; e Severino Ramos, representante do setor de Mandiocultura e secretário de desenvolvimento econômico e agrário de Mari. Representando a Fiep, a senhora Gricélia Pinheiro, assessora do Centro Integrado de Apoio à Gestão, também se fez presente, destacando todo o apoio da Fiep ao desenvolvimento das ações.

“Debater esse tema é imperativo e a Frente do Semiárido estabelece esse debate colocando a Assembleia no cerne das discussões. Somente por meio do desenvolvimento de estratégias conjuntas poderemos fazer com que essas ações cheguem na ponta, cheguem a todos, pois, como diria Celso Furtado, só acontece o verdadeiro desenvolvimento ali onde houver um projeto social subjacente, envolvendo todos os atores nesse processo. Iremos intermediar os diálogos entre os demais poderes e, com o PLANES em mãos, iremos trabalhar com foco nas necessidades do nosso povo. É um projeto extraordinário e todos podem contar com a ALPB nessa luta”, arrematou Dutra.

Sobre o PLANES/PB

O PLANES/PB é um projeto que é fruto da iniciativa de lideranças e expertises dos principais arranjos produtivos locais e respectivas cadeias produtivas agropecuárias do estado da Paraíba e com a efetiva participação de representantes da base produtiva (produtores familiares e suas entidades representativas).  Este movimento envolve nove arranjos produtivos, que, juntos, desenvolveram um documento norteador voltado para a realização de intervenções que venham a superar os principais problemas desses APLs, com foco na criação de um ambiente institucional saudável para o desenvolvimento do sistema produtivo agropecuário paraibano, através da inclusão socioprodutiva e da inovação para a geração de trabalho, emprego e renda.

Palavras Chave

Informe Legislativo
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.