Fumaça de fogueiras causa doenças; veja orientações para cuidar da saúde

28
COMPARTILHE

O período de fogueiras acede o alerta sobre riscos de doenças provocados pela fumaça e os cuidados devem ser redobrados, principalmente com crianças e idosos ou alérgicas. Veja abaixo algumas recomendações da Secretaria de Saúde de João Pessoa.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Aproximadamente 300 crianças são atendidas por dia no Hospital do Valentina com este tipo de problema. No mês de junho, a média cresce para 450 atendimentos diários, incluindo os casos de urgência, emergência e acompanhamento.

“No Hospital Municipal do Valentina já observamos um aumento de 85% nos atendimentos na emergência e 90% de internações têm causas respiratórias”, destacou a pediatra e diretora do hospital, Carmen Gadelha.

A médica orienta ainda para alguns cuidados com as crianças nesse período. “A principal orientação é que crianças alérgicas não fiquem expostas ou brinquem com fogueiras e fumaças. No caso de contato com poeira ou fumaça, os pais devem fazer nebulização com soro fisiológico e em casos graves procurar um serviço de saúde”, completou a diretora.

Outra orientação preventiva é fazer higiene nasal da criança com soro fisiológico e até mesmo lavar o rosto ou tomar um banho logo após o contato com a fumaça.


Serviço

Na rede municipal de saúde, as crianças alérgicas e com problemas respiratórios são atendidas no Hospital do Valentina, com atendimento 24 horas por dia em casos de urgência e emergência. Para o acompanhamento, as consultas devem ser marcadas na Unidade de Saúde da Família (USF) onde a criança é cadastrada.

Já os adultos, em caso de urgência e emergência, devem seguir para as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) Oceania, em Manaíra, ou Célio Pires de Sá, no Valentina. Para o acompanhamento, assim como as crianças, devem procurar uma USF, podendo ser atendidos na unidade ou encaminhados pelo clínico geral para atendimento de alergologista ou pneumologista no Centro de Atenção Integral à Saúde (Cais) de Jaguaribe.

Para atendimento em casos de queimaduras, tanto adultos quanto crianças, devem ser socorridas pelo Samu Regional 192 ou imediatamente encaminhados para o Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena.

“Quanto às queimaduras os pais devem ter cuidado redobrado com seus filhos e proibi-los de manipular fogos, já os adultos devem evitar soltar fogos próximos as crianças, tendo em vista que algumas queimaduras podem trazer danos irreversíveis”, completou a médica Carmen Gadelha.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas