Início Notícias

Galdino tira licença e Hervázio se mantém na ALPB

Com a saída dos suplentes e o retorno dos deputados titulares do cargo à Assembleia Legislativa, a bancada de situação decidiu manter afastado um dos seus titulares para que o líder governista, Hervázio Bezerra (PSB), se mantenha na liderança da bancada. O deputado Adriano Galdino (PSB) solicitou mais uma licença de 120 dias à Casa com a finalidade de ceder a vaga ao colega socialista. O afastamento será para resolver problemas pessoais, segundo o parlamentar.

Para que não fosse necessária a escolha de um novo nome para assumir a bancada de situação, os deputados, de acordo com Adriano Galdino, decidiram pelo afastamento dele, para que Hervázio Bezerra não tenha que deixar a Casa. “Eu devo está oficializando essa licença nos próximos dias para que Hervázio fique no meu lugar e possa continuar liderando o nosso grupo. A estratégia é essa. Pode ser que seja eu ou outro colega, mas tudo indica que serei eu mesmo que vou me afastar para resolver problemas pessoais”, explicou Galdino.

A articulação realizada pelos deputados da situação, que atende ao desejo do governador Ricardo Coutinho (PSB) em manter Hervázio Bezerra no comando da Bancada do Governo, só está sendo definida essa semana porque eles estavam aguardando a decisão do governador em participar da disputa eleitoral ou permanecer no comando do Governo do Estado, segundo Hervázio Bezerra. Ele, que é suplente, teve que se afastar do mandato esse mês porque a legislação eleitoral determina que todos os detentores de mandatos com pretensões de participar das eleições desse ano retornem agora em abril aos cargos.

Questionado se a decisão de se afastar mais uma vez do Legislativo Estadual para ceder espaço a um colega está agradando o parlamentar, Adriano Galdino disse que é uma decisão do grupo governista e não apenas dele. “Eu sou grupo, sou equipe. Nunca fiz questão disso. O que pedem eu faço sem criar problemas, pois minha intenção é ajudar para somar”, justificou o deputado. Desde agosto do ano passado o socialista estava afastado do mandato para ceder a vaga para Raoni Mendes. Durante esse tempo ele ocupou a Secretária de Articulação Política do Estado.

Galdino que tem afirmado a pretensão de disputar a sua reeleição, não deve assumir nenhum cargo no Governo do Estado, já que a legislação proíbe que os candidatos estejam ocupando cargos públicos. A licença dele da Assembleia Legislativa vai garantir a titularidade do suplente Hervázio Bezerra, que foi eleito suplente pela coligação “A Força do Trabalho 2”, formada pela união do PSB, DEM, PRTB, PDT e PRP.

*Alexandre Kito, do Jornal Correio da Paraíba

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.