Início Economia

Gás de cozinha fica mais caro e pode ser vendido por até R$ 95

Percentual aplicado no reajuste será de 5,1% e vai deixar o botijão GLP de 13 kg cerca de R$ 5 mais caro
Botijão GLP de 13 kg fica cerca de R$ 5 mais caro (Foto: Marcello Casal/Agência Brasil)

O Gás de cozinha fica mais caro a partir dessa quinta-feira (11). O aumento vale para toda a Paraíba. O novo reajuste autorizado pela Petrobras acontece em um intervalo de aproximadamente um mês após o último aumento, que foi de 6% e que aconteceu logo na primeira semana de janeiro de 2021.

A justificativa é a mesma, instabilidade do mercado internacional de petróleo. Por causa desse cenário de variação, 12 aumentos já ocorreram desde maio do ano passado. Alguns, com intervalo inferior a trinta dias.

Dessa vez, o percentual aplicado será de 5,1% e vai deixar o botijão GLP de 13 kg cerca de R$ 5 mais caro. Sendo assim, o consumidor que está comprando à vista por R$ 85, a partir dessa quinta-feira vai pagar R$ 90 pelo produto. Na compra a prazo, o preço final deverá variar entre R$ 92 e R$ 95. 

O aumento será adotado por todas as revendas de gás de cozinha da Paraíba. Na área da Grande João Pessoa, o número de pontos de venda chega a 500 estabelecimentos comercias. Somente na Capital são quase 300 postos de revenda autorizados pela ANP – Agência Nacional de Petróleo.

“Estamos trabalhando apreensivos, na expectativa de um novo aumento a cada mês”, disse Marcos Antônio Bezerra, Presidente Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba – Sinregás-PB. “Uma situação bastante desconfortável não só para os consumidores, mas também para nós, comerciantes”, acrescentou. Os aumentos somados desde maio de 2020 até agora já representam um acréscimo de mais de 50 % no preço final repassado ao consumidor.

O Sinregás-PB orienta aos consumidores para que somente adquiram o gás de cozinha em revendas regulamentadas, pois elas atendem aos padrões exigidos pelo Código de Defesa do Consumidor, e exijam sempre o cupom fiscal.

Palavras Chave

Economia
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.