Moeda: Clima: Marés:

Gerson afirma que Botafogo-PB terá mudanças após derrota em final

Técnico deve mudar time para manter bom momento do Belo na Série C; vitória contra Campinense pode deixar time na vice-liderança
Gerson Gusmão, Botafogo-PB
(Foto: Guilherme Drovas/Botafogo-PB)

A derrota para o Campinense na final do Campeonato Paraibano ainda está repercutindo nos lados da Maravilha do Contorno. Em entrevista coletiva, o técnico do Botafogo-PB, Gérson Gusmão, não se furtou em dizer que alguns jogadores tiveram desempenho bem abaixo do esperado na final do estadual e que pode trocar de esquema tático e jogadores para o onze inicial no novo confronto contra a Raposa, dessa vez pela 7ª rodada da Série C do Brasileirão.

“Devemos isso ao nosso torcedor, uma apresentação melhor, então temos que fazer de tudo. Tivemos duas derrotas na decisão do Paraibano e precisamos resgatar a equipe que está bem na Série C”, disse.

O técnico se referiu à campanha do time paraibano no torneio nacional, com 4 vitórias em 6 jogos e o terceiro lugar na tabela, isso com um jogo a menos que os líderes – Mirassol (SP) e ABC (RN), respectivamente. Uma vitória pode levar o time para a vice-liderança, desbancando o time potiguar.

Dos jogadores que na visão do técnico não alcançaram o desempenho esperado nos confrontos contra o Campinense, ele citou apenas o atacante Alan Grafite, mas afirmou que não falaria mais nomes para não expor o grupo.

“Não costumo individualmente falar de jogadores, mas não só o Alan como alguns jogadores foram abaixo do que se esperava, do que a gente precisava para sair vencedor de uma decisão de campeonato. Então, todos os atletas que iniciaram a partida podem sim sair da equipe. A partir do entendimento que nós acharmos que outro atleta está em um momento melhor, que pode render mais, a gente vai fazer isso (mudar o time)”, afirmou Gérson.

O que pode mudar?

O técnico pode optar por manter o esquema com três atacantes, mas tirando Alan Grafite do time titular – ele vinha iniciando os últimos jogos sempre ao lado de Leilson e Gustavo Coutinho. Kesley e Adilson Bahia são opções.

Outra mudança que pode ocorrer é na defesa, adotando o esquema 3-5-2. Neste caso, a formação inicial da zaga poderia ser com Leandro Camilo, Gabriel Yanno e Paulo Vitor – o que já aconteceu na vitória sobre o Confiança-SE, pela 3ª rodada da Série C. Jonathan Costa também é opção para a formação do trio.

Desfalques no DM

Pelo menos dois jogadores já estão certos de que não vão enfrentar a Raposa nesta quarta: o lateral Bruno Ré e o meia Esquerdinha.

Bruno jogou no sábado e voltou a sentir uma lesão e saiu durante a partida. Já Esquerdinha ainda se recupera de uma lesão no tornozelo.

Reforço

A derrota na final também pode representar uma possível reformulação no elenco que seguirá para a disputa da Série C. O primeiro reforço já foi anunciado: o meia Anderson Rosa, de 29 anos, que estava no Grêmio Novorizontino (SP).

O jogador, formado na base do Corinthians, fez parte da campanha do acesso do Novorizontino a série B em 2021 e também disputou o Paulista em 2022. Também teve passagem por clubes como Tombense-MG, Ferroviária-SP, Cabofriense-RJ e, no Nordeste, jogou pelo ABC-RN.

Ele ainda não foi regularizado para jogar pelo alvinegro paraibano e não estará disponível para o técnico Gérson Gusmão para a partida desta quarta-feira (25), pela Série C do Brasileirão, contra o Campinense, no Almeidão.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.