Goleiro Bruno recebeu proposta milion?ria dias antes de ser preso, revela jornal

19
COMPARTILHE

O ex-goleiro Bruno, condenado a 22 anos de prisão pela morte de Eliza Samúdio em 2010, deu uma entrevista para a Rádio Itatiaia contando que tinha um pré-contrato assinado com o Milan na época que foi preso. Mas esse não era a única proposta de sair do Brasil que o jogador tinha.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

De acordo com uma fonte do jornal Lance, Bruno tinha recebido uma proposta do Zenit, da Rússia, que ia deixá-lo milionário: 8 milhões de euros, cerca de R$ 17,5 milhões na época. A fonte disse que o sonho de Bruno era jogar no Milan, mas o dinheiro oferecido pelo Zenit deixou seus olhos brilhando, assim como a diretoria do Flamengo, que estava mais do que satisfeita com esse negócio. Mas então o goleiro foi condenado à prisão.

E o drama de Bruno ainda está longe de terminar. Ainda na entrevista para a Rádio Itatiaia, o ex-atleta, que chegou a cogitar uma liberação parcial da prisão para voltar a jogar, revelou que teme pelo futuro quando finalmente estiver em liberdade. “Tem muita gente que acha que o Bruno é um Tio Patinhas da vida [personagem das histórias em quadrinhos conhecido por ter muito dinheiro], que tem muito dinheiro lá fora, mas eu perdi tudo. Estou financeiramente zerado”, revelou. 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas