Moeda: Clima: Marés:
Início Esportes

Goleiro Felipe sente dores e estreia pelo Belo é adiada

O sonho de subir para a Série B do Campeonato Brasileiro levou o Botafogo a investir alto em grandes contratações para a atual temporada. Uma delas, no entanto, ainda não conseguiu mostrar pra que veio. O goleiro Felipe Paredão acabou de ser integrado aos treinos na Maravilha do Contorno, mas já foi vetado pelo Departamento Médico. O atleta apresentou dores nas costas no fim do trabalho coletivo de ontem e por isso não viajou com o elenco relacionado para o confronto com o Fluminense, amanhã, às 19h15, no Maracanã, Rio de Janeiro, pela Copa do Brasil.

Por enquanto, Felipe Paredão só visitou o banco de reservas do Botafogo. Ele chegou a ser relacionado no compromisso mais recente pelo Campeonato Paraibano, no empate de 1×1 com o São Paulo Crystal, pela sexta rodada, mas não entrou em campo. Além disso, a expectativa de estreiar com a camisa 83 do Belo jogando no Maracanã foi frustada pelo diagnóstico de lombalgia.

E pelo jeito, o que tem retardado a estreia de Felipe Paredão na pequena área do Belo são suas condições físicas. Além de estar com sua situação extra-campo regularizada junto à CBF desde quinta-feira passada, o goleiro pode ser facilmente encaixado no esquema de rodízio montado pela comissão técnica do Botafogo, necessário frente às três competições simultâneas que a equipe disputa: Campeonato Paraibano de Futebol, Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Vale ressaltar que na época da assinatura do contrato com o time paraibano, Felipe passou por exames médicos descartaram qualquer lesão ou problema físico que pudesse comprometer o desempenho do goleiro carioca. O atleta está em João Pessoa há 14 dias e passou a treinar com o restante do elenco na semana passada, após concluir o trabalho de readaptação às atividades depois de três meses sem jogar. Sua última atuação foi pelo Kisvárda da Hungria. Com a ausência de Felipe Paredão, o técnico Evaristo Piza relacionou o goleiro Rhuan como uma das opções para a defesa do Botafogo. O arqueiro de 22 anos foi relacionado quatro vezes na atual temporada para o banco de reservas e só assumiu a titularidade uma vez.

*Texto de Cassiana Ferreira, do Jornal CORREIO

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.