Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Governo dá primeiros passos para implantar VLT em CG

O governador João Azevêdo (PSB) se reuniu, nesta segunda-feira (8), em Brasília, com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas. Na audiência, o chefe do Executivo estadual garantiu a assinatura de um termo que permitirá ao Governo do Estado iniciar o projeto de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Campina Grande.

“Nós conseguimos marcar para o dia 17 a assinatura de um termo entre o Governo da Paraíba, a concessionária e o Ministério visando a transferência para o Estado da faixa de domínio para podermos trabalhar, de forma definitiva, o projeto de implantação do VLT de Campina Grande”, explicou o gestor.

João Azevêdo também destacou a importância do investimento para a mobilidade urbana da Rainha da Borborema. “Foi um passo extremamente importante e que vai na direção que asseguramos: a implantação de um sistema de transporte público viável e que melhore, definitivamente, essa área em Campina Grande”, pontuou.

O secretário de Estado de Governo, Nonato Bandeira; o secretário executivo do Escritório de Representação em Brasília, Adauto Fernandes; e o chefe de Gabinete, Ronaldo Guerra, acompanharam o governador João Azevêdo na audiência.

Sistema opera de forma precária na Grande JP

Desde 2014, o sistema de VLTs opera de forma incompleta e precária, nas cidades mais próximas da Capital na Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP). Os trens modernos e climatizados contrastam com estações precárias e outras composições velhas que ainda estão em operação.

Comentários

Jorge Silva disse:

Por que invés de implantar o sistema em CG ele não procura melhorar o sistema na grande João Pessoa?

Luciano Leitte disse:

Se olhar direito, não é só os carros que precisam ser implantados, necessita de estações, revitalização da via ferrea, desapropriação de imoveis sinalização dos cruzamentos, treinamento de pessoal, manutenção, ou seja é negocio pra o final da gestão.

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.