Grande JP tem feriad?o violento e chega ao Dia de Finados com oito mortes registradas

10
COMPARTILHE

Pelo menos oito pessoas foram assassinadas durante o feriadão de Finados na Grande João Pessoa. Os crimes aconteceram entre a noite do sábado (31) e a madrugada desta segunda-feira (2).

Leia mais Notícias no Portal Correio

Dois homens foram encontrados mortos na manhã desta segunda-feira (2) na ladeira que liga os bairros de Jaguaribe e Rangel, na Zona Oeste de João Pessoa.  

Os corpos das vítimas apresentam marcas de tiros e moradores da localidade relataram à polícia que ouviram o som dos disparos durante a madrugada, mas ficaram com medo de sair de casa para verificar o que tinha ocorrido. Nenhum pertence das vítimas foi roubado, o que faz a polícia acreditar que os homens tenham sido executados.

Na noite desse domingo (1º), um homem de 44 anos foi morto a tiros em Alhandra (Litoral Sul, a 32 km de João Pessoa). Ele estava dormindo quando dois homens chegaram a casa dele e o chamaram. Ao sair para atender o chamado a vítima foi atingida por alguns disparos de arma de fogo. A polícia acredita que o crime esteja relacionado com dívidas feitas pela vítima. Na mesma noite, um jovem foi morto com dois tiros na cabeça na Baía da Traição (Litoral Norte, a 92 km da Capital). As motivações do crime ainda são desconhecidas. 

Ainda nas primeiras horas do domingo, a polícia confirmou dois crimes. Um homem de 43 anos foi morto a facadas no bairro do Varadouro e um jovem de 25 a tiros em Mangabeira. O intervalo entre os dois homicídios foi inferior a uma hora. 

Na noite do sábado (31), um jovem de 23 anos foi morto a tiros no bairro do Grotão. O crime aconteceu por volta das 21h30. Na mesma noite, um rapaz de 18 anos foi assassinado, também a tiros, na comunidade Santa Clara, no bairro Castelo Branco. Apenas o suspeito desse crime foi preso. 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas