Início Entretenimento

Grupos de circo, dança e teatro animam Centro de João Pessoa

O Centro de João Pessoa terá atrações variadas para toda a família neste domingo (26). A programação, que faz parte do projeto AnimaCentro, uma iniciativa da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) que oferece de forma gratuita o acesso permanente a atrações culturais, vai se concentrar na Praça da Independência, onde ocorre apresentação de espetáculo circense, e no Parque da Lagoa, que recebe os grupos Forrobodó e Flor do Lírio.

Praça da Independência

Na Praça da Independência, o grupo ‘Los Iranzi’ se apresenta com o espetáculo ‘Colorim Colorado’ a partir das 16h. A apresentação vai incentivar as crianças a interagirem mais umas com as outras, além de gerar um momento especial entre pais e filhos. “Somos uma família de artistas ambulantes e acreditamos que através da arte e da cultura podemos tornar o convívio mais harmonioso entre os povos. É isso que pretendemos realizar na praça, um momento de muita harmonia, alegria e diversão”, disse Júnior Eranzi, diretor do espetáculo.

Com números de circo que são eternizados pela sua grandeza, o grupo vai trazer ao público várias apresentações de grandes mestres da palhaçaria, oferecendo um sentimento, às vezes esquecido, que é o prazer do riso. “Aos adultos vamos proporcionar uma linda viagem a lembranças de sua infância. Já a criançada mergulhará de corpo e alma no que mais gosta de viver: sendo criança”, revelou o diretor.

Participam do enredo os atores Júnior Iranzi (Chumbinho), Virgínia Iranzi (Mamadeira), Luana Iranzi (Jujuba), Pedro Iranzi (Espoleta) e Manu Iranzi (Chochinha).

Parque da Lagoa

O Parque da Lagoa Sólon de Lucena recebe, a partir das 16h, na Praça Pedra do Reino, o grupo Forrobodó, que traz ao público o espetáculo ‘A folheteira e sua banca de histórias’. Logo após, às 17h, o grupo de dança Flor do Lírio vai animar o público que se fizer presente.

“A partir da simplicidade mostraremos para o público que não é necessário ter tantos elementos artísticos para apresentar uma história e sim que a proposta é: criar e imaginar”, disse a diretora do grupo Forrobodó, a atriz Aline Alencar.

A história a ser contada se passa na feira de uma cidade do interior, com a sua banquinha de cordéis. Dona Maricota vende folhetos e conta histórias. Como percebe que as pessoas não têm tempo para apreciar seus cordéis e comprá-los, ela cria um número espetacular, recheado de repentes, cirandas e histórias.

Aline Alencar destaca a importância desse tipo de teatro, onde incentiva a contação de história. “A prática de se contar histórias é uma forma de diversão, ensinamentos, até mesmo uma maneira de celebração familiar. As histórias são vivas até hoje pelo fato de existir a tradição de passar adiante, seja pelos pais para os filhos ou de avós para os netos”, disse a diretora.

Já às 17h, o grupo de dança Flor do Lírio também se apresenta no Parque da Lagoa, oferecendo ao público um espetáculo bastante animado. O Flor de Lírio faz parte da comunidade católica Menino Jesus, fundada em outubro de 1994 e localizada no bairro Valentina Figueiredo, na Capital. Além da dança, o grupo oferece também teatro e música para os jovens da comunidade.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.