Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Há 80 anos, trabalhadores encontraram caminho para organização

Um certo dia um grupo de funcionários decidiu se reunir embaixo de uma árvore para discutir como organizar a categoria que atuava nas indústrias de panificação e fábricas de alimentação. Foi a partir desse primeiro encontro que, segundo contam os mais velhos, surgiu, há 80 anos, mais precisamente no dia 23 de julho de 1938, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Panificação e confeitaria de João Pessoa, agora Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação, Panificação e Confeitaria, Cerveja e Bebidas em Geral do Estado da Paraíba, para representar os trabalhadores do setor em 26 municípios.

Anos depois, a história da entidade viria a se misturar com o próprio Brasil. é que com a revolução de 1964, o sindicato teve sua sede vasculhada. Na época, documentos foram aprendidos, diretores foram presos e a intervenção militar fez suspender todas as atividades realizadas por vários dias.

Anos mais tarde, em 1976 a sede mudou para o atual endereço, Rua da República, 906. O imóvel foi comprado através de convênio firmado com Ministério do Trabalho e com a Caixa Econômica Federal para pagamento em dez anos.

“São 80 Anos defendendo os direitos da classe trabalhadora, são 80 Anos de Lutas e conquistas com o Pé na Estrada”.         

Antonio Salustino, presidente do STIA.

Bons resultados

Trabalhadores organizados em manifestação (Foto: Divulgação

Com o crescimento sistemático das categorias profissionais representadas e a ampliação do setor de alimentos no Estado, com a implantação das indústrias de bebidas, trigo, milho, açúcar, torrefação e moagem de café, entre outras; houve a necessidade de aumentar a estrutura para a prestação dos serviços aos filiados bem como, a extensão da base territorial. Foram feitas alterações nos Estatutos Sociais e na denominação da entidade, como consta no processo nº 46000.000838/1994 publicado no Diário oficial da união de 11 de março de 2004, passando a utilizar a atual denominação: Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação, Panificação e Confeitaria, Cerveja e Bebidas em Geral do Estado da Paraíba.

O STIA/PB se tornou uma entidade como poucas no estado, tanto pela sua abrangência territorial, quanto pelo seu empenho na defesa dos direitos dos trabalhadores. Ao completar 80 anos, em 23 de julho de 2018, o sindicato é reconhecido pelos trabalhadores e por órgãos dos poderes públicos pela sua trajetória de luta em defesa da classe trabalhadora.

Para garantir os direitos trabalhistas, o STIA/PB conta com o trabalho da força-tarefa ‘Pé na Estrada’, que no início de cada ano faz visitas regulares na capital e região metropolitana, seguindo depois para todo o Brejo, Agreste, Cariri, Seridó, Curimataú e por fim chegando ao Alto Sertão paraibano. Ao longo de cada ano são visitadas cerca de 1.800 empresas na área da indústria de alimentação em geral, dando assistência total a mais de 15.000 obreiros nas bases, além dos empregados nas usinas de cana-de-açúcar e engenhos, que trabalham no sistema sazonal e periódico.

O STIA/PB tem participação ativa nos reajustes salariais da categoria. São fechados anualmente uma média de 40 acordos individuais com as indústrias, proporcionando um piso salarial diferenciado para os trabalhadores, entre outras vantagens como: cestas, auxílios e participação nos lucros e resultados.

Em 03 de dezembro de 2008, através da Lei 8.711, foi instituído o “Dia do Padeiro”, tendo como data comemorativa o dia 23 de julho de cada ano, hoje remunerado no valor de um dia de trabalho para todos os profissionais da indústria de panificação, acerto firmado em convenção coletiva da categoria.

Estrutura renovada

Antonio Salustino é o presidente do Sindicato desde 1988 (Foto: Divulgação)

Presidido por Antonio Salustino de Oliveira desde 1988, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação tem uma sede moderna e bem equipada para melhor atender os seus associados. Vale ressaltar que a sede do sindicato é um imóvel próprio e qualquer benefício realizado ficará como patrimônio da entidade. Conta com duas subsedes, nas cidades de Patos e Guarabira.

A assistência ao trabalhador é o objetivo primordial do STIA/PB, a manutenção de planos de assistência médica e odontológica tem se destacado nos últimos anos. Como exemplo podemos citar os atendimentos odontológicos em três consultórios, além de atendimento em diversas especialidades médicas na Policlínica São Lucas e oftalmológico na Clínica de Olhos Dr. Rodrigues. O sindicato oferece, ainda, assistência jurídica ao trabalhador associado.

Trabalhadores da panificação também fazem parte do sindicado (Foto: Divulgação)

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.