Moeda: Clima: Marés:

Hemocentro da Paraíba está com estoque baixo e Tovar lembra lei que incentiva doação de sangue

Lei criou na Paraíba o ‘Junho Vermelho’, que desde então passou a integrar o calendário oficial de datas e eventos do estado

Tovar
Foto: Divulgação

Ato de solidariedade e empatia, doar sangue é uma forma de salvar vidas. Essa é uma frase reforçada sempre pelo Hemocentro da Paraíba que está com o estoque de sangue baixo. Para incentivar a doação, o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) destacou a lei 10.636/16, de sua autoria, que instituiu o mês de junho para a realização de campanhas direcionadas a esse ato.

A Lei criou na Paraíba o ‘Junho Vermelho’, que desde então passou a integrar o calendário oficial de datas e eventos do estado. Além de relembrar a iniciativa, Tovar ressaltou a importância da doação de sangue durante essa fase ainda de pandemia e também das festividades juninas, data em que se necessita de um bom estoque de sangue.

“Precisamos incentivar a doação. Segundo o Hemocentro da Paraíba, a demanda tem sido muito grande, as cirurgias eletivas voltaram a acontecer, os transplantes também em grande quantidade, e é necessário ter sangue no estoque para liberar as bolsas para que os pacientes possam realizar tanto as cirurgias quanto seus tratamentos”, destacou o deputado, que é doador de sangue.

O doador voluntário de sangue ganha um dia de folga, conforme previsto na Consolidação da Lei Trabalhista (CLT). O procedimento todo, que inclui o cadastro, aferição de sinais vitais, teste de anemia, triagem clínica, coleta e lanche costuma levar cerca de 40 minutos e uma só bolsa de sangue pode salvar até quatro pessoas.

O deputado ainda destacou que estado e municípios, além das empresas privadas, devem incentivar a doação de sangue e evidenciar o valor dessa atitude.  “Não é exagero dizer que doador de sangue salva vidas. Precisamos continuar a espalhar essa corrente de amor em todos os meses do ano”, ressaltou.

Critérios para doação:

  • Ter idade entre 16 e 69 anos;
  • Pesar pelo menos 50 kg;
  • Estar alimentado e não ter ingerido alimentos gordurosos antes da doação;
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;
  • Apresentar documento de identificação com foto emitido por órgão oficial.

Este conteúdo é de responsabilidade do deputado estadual Tovar Correia Lima

Palavras Chave

Informe Legislativo

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.