Homem dispara tiro contra ex-companheira e depois se mata, no Sertão da PB

281
COMPARTILHE

Um homem se matou após tentar assassinar uma ex-companheira na manhã desta sexta-feira (27), próximo à estrada que leva Patos a São José de Espinharas, no Sertão da Paraíba, a 316 km de João Pessoa. Na última terça-feira (24), um policial matou a ex-mulher e depois se matou, também na cidade de Patos.

Leia também: Policial civil mata a esposa a tiros e depois se suicida com disparo na cabeça

O homem sequestrou a mulher em Patos, nessa quinta-feira (26). No mesmo dia, a mãe dela registrou uma ocorrência na Delegacia da Mulher, mas a polícia não conseguiu localizar a vítima e o suspeito.

Pela manhã, viaturas foram acionadas com a informação de que houve uma tentativa de homicídio. Ao chegarem ao local, confirmaram o suicídio do homem e encontraram a mulher ferida no pescoço, com um disparo de arma de fogo.

Leia mais notícias no Portal Correio 

Ela foi socorrida ainda consciente e levada ao Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Segundo o delegado Gaudêncio Neto, o projétil ficou alojado perto da medula, o que acabou limitando os movimentos das pernas da vítima. Ela se arrastou até encontrar socorro. O relacionamento deles havia acabado há cerca de quatro meses e a polícia suspeita que a motivação do crime teve a ver com o homem não ter aceitado o fim da relação.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas