Homem ? preso por falsificar u?sques e vender os produtos durante festa de S?o Jo?o na PB

19
COMPARTILHE

Um homem foi preso na madrugada deste domingo (28) suspeito de adulterar e vender uísques falsificados durante a festa de São João realizada no município de Monteiro, no Cariri paraibano, a 303 km de João Pessoa. Com o suspeito, foram apreendidas 22 garrafas de uísque, 13 garrafas de energéticos e diversos copos, que eram vendidos em kits’s, ao preço de R$ 40.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O suspeito foi preso após uma denúncia anônima. Segundo a Polícia Civil, ele estaria vendendo à bebida na Praça João Pessoa, local do evento, em forma de kit, composto por uma garrafa de uísque, uma garrafa de energético e dois copos.

Segundo a delegada Cristiane Medeiros, titular da Delegacia da Mulher em Monteiro, mas que estava dando plantão na sede regional da Polícia Civil em Monteiro no momento da prisão, o homem confessou a adulteração e falou onde realizava o procedimento.

“Ele foi preso, trazido para a delegacia e confessou o crime. O suspeito informou que comprava todo o material necessário em uma feira de Campina Grande e realizava a adulteração em casa, e vinha vender as bebidas em Monteiro. Todo o material vai ser encaminhado para o Instituto de Polícia Científica (IPC) em Campina Grande, onde deve passar por análise para saber o que ele estava misturando com a bebida original”, disse a delegada.

O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado até a Cadeia Pública de Monteiro. Segundo a delegada, a pena prevista para o crime de falsificação de bebidas chega há até oito anos.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas