Moeda: Clima: Marés:
Início Policial

Homem preso suspeito de abusar criança alega brincadeira, em João Pessoa

Em depoimento, o suspeito, que já responde por tentativa de homicídio, alegou que era esquizofrênico e que a sua intenção era apenas brincar
Polícia
O homem foi levado para a Central de Polícia de João Pessoa (Foto: Divulgação)

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira (23), suspeito de abusar sexualmente de uma criança de 6 anos, no bairro João Paulo II, em João Pessoa. Segundo informações policiais, o suspeito levou a criança para o seu apartamento, no entanto, ele nega ter cometido os abusos.

De acordo com o relato da mãe à Polícia Civil, a criança estava brincando com algumas amigas quando o homem a chamou para ir até o seu apartamento. Ao ver que a vítima apresentava resistência, o suspeito a puxou e a levou. A criança conseguiu se desvencilhar do homem que tentava estuprá-la.

A vítima contou para a irmã mais velha, que logo informou à mãe, que acionou a Polícia Militar. Uma guarnição foi até o apartamento do homem e deu voz de prisão. O suspeito foi conduzido para a Delegacia de Repressão a Crimes contra Crianças, e em seguida foi encaminhado para a Central de Polícia.

Em depoimento, o suspeito, que já responde por tentativa de homicídio, alegou que era esquizofrênico e que a sua intenção era apenas brincar de um jogo de mãos conhecido como ‘soco, bate e vira’. Ao notar contradições em sua fala, a delegada responsável pelo caso determinou a prisão em flagrante.

À TV Correio, o sargento da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, afirmou que o suspeito já tinha agredido a própria mãe. Além disso, há relatos de vizinhos de que o homem já tinha tentado estuprar uma mulher.

A audiência de custódia está prevista para esta sexta-feira (24), quando será decidido se o suspeito permanecerá preso. Um laudo médico atestando a esquizofrenia do homem foi anexado ao processo. O caso está sendo acompanhado pelas autoridades.

Receba todas as notícias do Portal Correio no WhatsApp

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.