homem-que-atuava-como-falso-advogado-e-pastor-e-preso-suspeitos-de-golpes
Central de Polícia em João Pessoa - Divulgação

Homem que atuava como falso advogado e pastor é preso suspeitos de golpes

De acordo com a Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa, na época dos crimes, o suspeito recebeu o valor do FGTS das vítimas e desapareceu

42
COMPARTILHE

Um homem que atuava como falso advogado e falso pastor foi preso nesta quarta-feira (4), após ficar foragido por dois anos, suspeito de praticar diversos golpes em 40 vítimas de João Pessoa, onde ele prometia ingressar com ações judiciais para revisão de saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

De acordo com a Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa (DDF), na época dos crimes, o suspeito recebeu o valor do FGTS das vítimas e desapareceu.

O suspeito foi condenado a nove anos de prisão por estelionato e tráfico de influência, quando informava para as vítimas que conseguiria revisão no saldo do FGTS por ter influência na Justiça, mas conseguiu fugir da polícia e estava foragido desde 2015.

Ainda segundo a DDF, os policiais chegaram ao suspeito após denúncias anônimas, mas resistiu a prisão e precisou ser imobilizado. O suspeito foi encaminhado para a Central de Polícia.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas