Início Geral

Homic?dios caem 28,2% na Grande Jo?o Pessoa no primeiro semestre de 2014

Todas as cidades que formam a Região Metropolitana de João Pessoa apresentaram redução de homicídios no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2013. No acumulado, segundo a Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds), houve uma diminuição de 28,2% desse tipo de crime na área, que abrange a Capital e os municípios de Bayeux, Santa Rita e Cabedelo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Relatório do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da pasta mostra que, de janeiro a junho de 2014, aconteceram nessas cidades 303 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que são homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte, como latrocínios ou lesão corporal seguida de morte, por exemplo. No mesmo período de 2013, foram apurados 428 casos de assassinatos na região.

Isoladamente, as cidades também apresentaram queda nas ocorrências desse tipo. A maior redução em termos absolutos e percentuais foi verificada na cidade de João Pessoa, que foi de 310 homicídios para 207, o que representa uma queda de 33% se comparados os primeiros seis meses dos dois anos. Com 33% também ficou Cabedelo, onde caiu de 24 CVLI no período anterior para 16 no atual. Santa Rita teve queda de 17% (72 para 60 casos) e Bayeux foi de 22 para 20.

O secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, afirma que os resultados obtidos no semestre na Região Metropolitana da Capital refletem o intenso trabalho dos órgãos operativos ligados à Seds e ações de gestão, que abrangem a compatibilização das áreas integradas, repressão qualificada e Inteligência. “Encaramos a Segurança como um sistema, que envolve as Polícias, bombeiros e outros atores como Ministério Público e Justiça. Trabalhamos com foco em resultados e gestores integrados e responsáveis por áreas geograficamente definidas em lei (LC111/2012). Há reuniões semanais e mensais de acompanhamento dos números de CVLI, que são contados com rigor e por meio de uma metodologia multifonte, reconhecida pelo Ministério da Justiça”, explicou.

Santa Rita tem maior redução de assassinatos desde 2011

A integração entre as Polícias Civil e Militar, que executam ações de prevenção e repressão contra homicídios na área, fez com que Santa Rita tivesse a maior redução de CVLI já verificada desde 2011.

Para o tenente coronel Júlio César, comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar, que abrange o município, o fator preponderante para a queda de homicídios é o trabalho conjunto realizado com a Polícia Civil. “O sistema criminal passou a funcionar como deveria. Lançamos nas ruas o policiamento ostensivo, com base na ‘mancha criminal’ que o Nace nos aponta. Aumentamos a presença não só em números como em qualidade, em sintonia com a polícia judiciária, com abordagens e levantamento de nomes de criminosos e áreas onde eles atuam, a fim de efetuar as prisões, sempre com o apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário, que tem à frente juíza Lilian Cananéa”, afirmou.

Segundo o delegado seccional de Santa Rita, Everaldo Medeiros, de janeiro a junho deste ano foram presas 44 pessoas, todas acusadas de homicídios na cidade. “A integração favorece um trabalho bem feito, desde a instauração do inquérito até a remessa à Justiça com a prisão do acusado”, reforçou. 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.