Início Pandemia

Hospital da Unimed JP tem sete pacientes internados com Covid-19

Nos momentos mais críticos, foram atendidos 235 pacientes suspeitos de contágio pelo coronavírus em um único dia
Unimed
Hospital da Unimed em João Pessoa (Foto: Divulgação/Assessoria)

O Hospital Alberto Urquiza Wanderley, em João Pessoa, apresenta desde terça-feira (10) os melhores números de atendimento a casos de Covid-19 registrados desde o início da pandemia, em março de 2020. São sete pessoas internadas em enfermaria e nenhuma em UTI.

O hospital é referência na rede da Unimed João Pessoa para atendimento a casos de Covid. De 9 de março de 2020, quando foi registrado o primeiro caso suspeito, até a última terça-feira (10), foram 43.571 atendimentos no Alberto Urquiza.

Nos momentos mais críticos, foram atendidos 235 pacientes suspeitos de contágio pelo coronavírus e internados 48 em um único dia. O hospital chegou a ter 168 pacientes internados com Covid-19 e 82 intubados.

Nessa quarta-feira (11), ainda tinha um paciente internado na UTI Covid, mas ele não tem mais a doença. A internação é para tratamento de problemas de saúde decorrentes da Covid.

A quantidade de óbitos também diminuiu. Este mês, até o momento, dois pacientes perderam a batalha para a Covid-19 no Hospital Alberto Urquiza. O número de óbitos já chegou a ser de cinco em um único dia.

Apesar dos números positivos, a Unimed João Pessoa recomenda cautela a toda a população e reforça a importância da adoção de medidas como distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos para barrar a disseminação do coronavírus.

Esses cuidados devem ser mantidos até que a vacinação tenha atingido um percentual considerado seguro pelas autoridades de saúde. “Sejamos cautelosos e mantenhamos as medidas preventivas ativas”, reforçou o presidente da Unimed João Pessoa, Gualter Lisboa Ramalho.

O gestor de Serviços Hospitalares da Unimed João Pessoa, Cleiton Moradillo, reforçou a importância da vacinação. “Os números estão mostrando a eficácia da vacina. Então, se chegou a hora de se vacinar, a pessoa deve fazê-lo”, disse.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.