Hot?is e mot?is s?o autuados por falta de alvar?s de funcionamento, higiene e seguran

23
COMPARTILHE

Onze hotéis e motéis de Campina Grande foram autuados por irregularidades consideradas graves pelo do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público da Paraíba (MP-Procon).

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o órgão, os estabelecimentos funcionavam sem alvarás de funcionamento e de saúde pública e de certificado do Corpo de Bombeiros. Os documentos são indispensáveis para o funcionamento e garantem que os locais estão em boas condições higiênico-sanitária e o cumprimento das normas de prevenção e combate a incêndio.  

Durante toda a semana, 20 estabelecimentos foram fiscalizados. De acordo com o promotor de Justiça Sócrates da Costa Agra, o procedimento é imprescindível para guarnecer a saúde e a segurança dos que frequentam esses locais.

“É inconcebível que estabelecimentos desse porte, estabelecidos no município há anos, não cumpram com a legislação, gerando riscos concretos aos consumidores e violando, dessa forma, o Código de Defesa do Consumidor”, destacou. 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas