Moeda: Clima: Marés:
Início Concursos

IBGE divulga resultado final da seleção do Censo e vai convocar aprovados para treinamento

Na Paraíba, foram ofertadas 3.879 vagas, sendo 3.380 para recenseador e 499 para os cargos de agente censitário municipal e agente censitário supervisor
IBGE
Foto: Acervo IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE) divulgou, nesta sexta-feira (20), o resultado final do processo seletivo simplificado (PSS) do Censo Demográfico 2022. Os candidatos às vagas de recenseadoragente censitário municipal (ACM) e agente censitário supervisor (ACS) devem consultar o resultado no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), empresa organizadora da seleção.

Na Paraíba, foram ofertadas 3.879 vagas, sendo 3.380 para recenseador e 499 para os cargos de agente censitário municipal e agente censitário supervisor.

Em caso de empate na nota final, respeitada a área de trabalho/município/UF escolhida, o primeiro critério de desempate obedecerá ao Estatuto do Idoso e a vaga irá para quem tiver idade igual ou superior a 60 anos completos até o último dia de inscrição. O segundo critério é a nota na disciplina Conhecimentos Técnicos seguida da nota em Língua Portuguesa e em Ética no Serviço Público. Todos os critérios de desempate podem ser consultados no edital do processo seletivo.

A próxima etapa será a de convocação. O IBGE chamará para o treinamento os candidatos aprovados dentro do número de vagas. Ao todo, mais de 621 mil pessoas concorreram às vagas distribuídas em 5.297 municípios do país. Serão 206.891 servidores temporários para o Censo, dos quais 183.021 recenseadores, que têm treinamento previsto de 18 a 22 de julho, 18.420 para ACS e 5.450 para ACM, ambos com treinamento previsto de 6 a 15 de junho.

Os demais candidatos aprovados serão mantidos em lista de espera, podendo ser chamados posteriormente, de acordo com o edital. O treinamento para recenseadores terá caráter eliminatório e classificatório e será realizado pelo IBGE em duas etapas: autoinstrução e presencial.

Requisitos, salários e atribuições

A prova para recenseador teve 50 questões, divididas em 10 questões de Língua Portuguesa, 10 de Matemática, cinco sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos. Já os candidatos a ACM e ACS responderam 60 questões, sendo 10 de Língua Portuguesa, 10 de Raciocínio Lógico Quantitativo, cinco questões de Ética no Serviço Público, 15 de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 de Conhecimentos Técnicos.

Para recenseador, o requisito era o ensino fundamental completo. O profissional ganha por produção, que pode ser simulada clicando aqui, e atuará diretamente na coleta das informações, entrevistando os moradores dos domicílios.

Já para ser ACS e ACM, era necessário ter o ensino médio completo. Os salários serão de R$ 1.700 e R$ 2.100, respectivamente. Enquanto o ACM gerencia o trabalho do posto de coleta, o ACS, subordinado ao ACM, tem como principal função orientar os recenseadores durante a execução dos trabalhos de campo.

IBGE vai visitar mais de 70 milhões de domicílios

A partir de 1º de agosto, estima-se que 215 milhões de habitantes, em mais de 70 milhões de domicílios, serão visitados pelos recenseadores nos 5.570 municípios do país.

O Censo revelará as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e autismo.

Realizada a cada dez anos, a pesquisa é a principal fonte de referência sobre as condições de vida da população em todos os municípios do país.

Palavras Chave

Concursos

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.