Moeda: Clima: Marés:
Início Entretenimento

Inscrições abertas para workshop de tricô e crochê

Começam nesta segunda-feira (22) as inscrições para o Workshop Crochê, Tricô e Amigurumi, que será ministrado em João Pessoa por Simoni Figueiredo. A atividade é mais um fruto da parceria entre a Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas Para as Mulheres e as Linhas Círculos. A secretária Lídia de Moura explica que já vinham sendo oferecidos regularmente os cursos de crochê, tricô, mas agora foi incluída a técnica amigurumi.

As inscrições vão até o dia 2 de fevereiro na Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas Para as Mulheres. Já as aulas serão nos dias 21, 22 e 23 de fevereiro, a partir das 9h na Central de Comercialização de Agricultura Familiar (Cecaf), localizado no bairro José Américo, na Zona Sul de João Pessoa. Para participar basta ter mais de 16 anos e ter feito curso básico de crochê.

O curso é gratuito, cabendo a cada participante ficar responsável por levar apenas o seu material. É necessário levar às aulas dois novelos do Fio Amigurumi ou Fios da Moda, agulhas 2,5 a 3,5,  amigurumi de 2.5 a 3.5, fibra de enchimento e olhinhos ou botão preto estilo moda de 2.0 a 3.0.

Para Lídia de Moura, a inclusão da técnica amigurumi amplia as possibilidades de renda para quem já trabalha com crochê e tricô. “Esse é um trabalho muito valorizado e que proporciona um retorno muito rápido para quem trabalha com ela, então como nosso objetivo é proporcionar autonomia financeira às mulheres, oferecemos mais essa opção para fomentar a comercialização dessas artesãs”, explica.

O Amigurumi é uma técnica japonesa para fazer bonecos de crochê ou tricô e que vem se tornando cada vez mais popular no mundo inteiro. Os bonecos costumam ter formas humanas ou de animais. O termo amigurumi deriva da combinação das palavras japonesas ami, que significa malha e nuigurumi, que significa boneco de pelúcia.

“É a primeira vez que temos uma facilitadora com a técnica de crochê, tricô e amigurumi em João Pessoa ampliando o conhecimento das artesãs que já fazem e dando oportunidade de produção às que ainda não estão confeccionando”, ressaltou a coordenadora da Coordenação de Trabalho e Enfrentamento à Pobreza Regina Bonfá.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.