Interditadas empresas que emitiam carteira estudantil ilegalmente na Paraíba

31
COMPARTILHE

Duas empresas que emitiam carteira de estudante ilegalmente em Campina Grande foram interditadas pelo Procon municipal nessa quinta-feira (10), atendendo a uma decisão judicial da 2ª Vara da Fazenda Pública, as empresas ‘Carteira On Line’ e ‘Carteira Estudante’ na Hora’ emitiam carteiras de identidade estudantil ilegalmente, segundo o Procon-CG.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o Procon-CG, após várias denúncias, o órgão notificou as empresas, dando um prazo de cinco dias para que ambas suspendessem as atividades de confecção e emissão de carteiras.

“No dia 3 de junho, emitimos a notificação para que parassem as atividades; passado o prazo, as empresas insistiram em continuar as emissões sem que estivessem licenciadas, por essa razão estão interditadas e não poderão continuar”, explicou o coordenador Executivo, Paulo Porto de Carvalho Junior.

As carteiras de estudantes que foram emitidas por essas empresas estão invalidadas. A lista completa de entidades licenciadas está disponível para os estudantes na Sede do Procon Municipal, localizada á Rua Prefeito Ernani Lauritzen, Nº 226, no Centro da cidade.

As empresas foram procuradas pelo Portal Correio, mas os telefones não foram atendidos em todas as tentativas.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas