Início Geral

Intolerância religiosa

O vereador Sérgio da Sac, derrotado nas últimas eleições, foi á tribuna da Câmara, ontem, abordar o tema da redação do Enem: “Intolerância religiosa”. Ele entrou no assunto para justificar a homenagem que a Câmara fará ao pai de santo Gilberto Cândido da Silva, o Pai Gilberto de Xangô Alafim, conhecido como “Rei do Candomblé” da Paraíba. Pai Gilberto receberá a Medalha Cidade de João Pessoa pela sua importância para o candomblé. Sérgio da Sac destacou a importância do tema da redação do Enem no sentido de despertar o respeito da sociedade em relação às religiões de origem africana.

“O pior de tudo no ser humano é a discriminação”, disse Sérgio, acrescentando que é católico romano, mas não esconde suas convicções, nem aquilo que defende. Ele disse ter conhecimento de que a maioria dos pastores da maioria das igrejas evangélicas passou pelos templos das religiões afro-brasileiras para aprender. “Hoje, esses pastores se vestem daquilo que não são”, disse. Sérgio anunciou que a festa de Iemanjá, a segunda maior festa religiosa da Paraíba, segundo ele, terá o apoio da Prefeitura, no dia 8 de dezembro, quando completará 52 anos de história.

Disse, ainda, que a Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura autorizou a volta da imagem de Iemanjá para o seu local de origem, na praça que leva seu nome, no início da subida da barreira do Cabo Branco, “para abençoar o povo de João Pessoa”. Parabéns para o vereador pelo discurso em consonância com a redação do Enem. (Adelson Barbosa dos Santos)

Caos administrativo em Catolé

O caos político e administrativo tomou conta do município de Catolé do Rocha, neste final de ano, por conta de uma queda de braço entre a Câmara Municipal, que tem oito vereadores de oposição, e o prefeito Leomar Maia, que tem o apoio de apenas três parlamentares.

Picuinha

A picuinha dos vereadores de Catolé prejudica o povo, que está sem médicos, sem medicamentos, sem merenda nas escolas. Servidores estão com salários atrasados e sem perspectiva de receber o 13º salário.

SUPLEMENTAÇÃO

O caos ocorre porque a Câmara não aprovou pedido de suplementação no valor de R$ 15 milhões, encaminhado pelo prefeito Leomar Maia.

ESSENCIAL

Segundo Leomar, a Prefeitura tem dinheiro, mas não tem dotação porque a oposição se nega a aprovar o pedido, que é essencial para que a situação volte à normalidade e a Prefeitura ponha suas contas em dia.

R$ 3 MILHÕES

Leomar Maia ainda denunciou que a Câmara de Catolé do Rocha reduziu em R$ 3 milhões o orçamento deste ano “sem motivo algum”.

Renúncia

O deputado Jeová Campos (PSB) renunciou ontem ao cargo de 3º secretário da Assembleia Legislativa da Paraíba. “Comunico ao plenário desta Casa que estou me afastando da Mesa Diretora porque estou precisando retomar a minha advocacia e eu sou impedido de advogar sendo membro da Mesa”, disse Jeová Campos.

Prorrogação

Ato da presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba prorroga até o dia 18 deste mês o Regime de Jurisdição Conjunta, na 1ª da Comarca de Guarabira, exclusivamente nos processos de Execução Penal.

Capital dos Becos

O Beco do Cruzeiro é um local famoso na cidade de Patos, a Capital dos Becos do Sertão. Tem becos com nomes internacionais como o da Jamaica e o da Coreia.

Bayeux 1

O prefeito eleito da cidade de Bayeux, Berg Lima, disse algumas vezes, na campanha, que, se eleito, não nomearia secretários que não fossem da cidade. Mas já pensa em fazer o contrário.

Bayeux 2

Circula na cidade informações de que ele levará de João Pessoa secretários para a Saúde, Comunicação e Procuradoria-Geral.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.