Início Geral

Já passou dos limites

A decisão pelo impeachment ou não da presidente da República Dilma Rousseff, do PT, já ultrapassou os limites de sensatez e superou qualquer roteiro cinematográfico já visto desse País. Primeiro se vaza carta de um vice-presidente – Michel Temer – estressado por um “complexo de rejeição” (só pode).

Depois, se vaza áudio de Dilma, que supostamente estaria tentando livrar o ex-presidente Lula da cadeia, pelas mãos do juiz Sérgio Moro, através de um habeas-corpus travestido de termo de posse como ministro da Casa Civil.

A última da vez foi o vazamento de um áudio de Temer, em um suposto pronunciamento à nação, como se o plenário da Câmara dos Deputados já tivesse aprovado o pedido de impeachment da petista, que deve acontecer no domingo, a votação. Ah! Foi confirmado que era o peemedebista sim. Mas, “foi um equívoco”. Sei…

É brincadeira, né gente. Vamos fazer política séria, vamos discutir efetivamente as irregularidades, os atos ilícitos, os fatos. Porque esse negócio de corrupção contra corrupção não está funcionando. E mais: essa judicialização não faz bem nem à democracia, que dirá aos Poderes Executivo, Legislativo e o próprio Judiciário.

Daqui a pouco iremos dormir e, no dia seguinte, acordaremos com novo presidente, vice, nova eleição, sabe-se lá o que mais, sem sequer nos darmos conta do que realmente aconteceu.

#Novaeleição

Como dizemos no sertão “Quem for podre que se quebre!” Nem Dilma, nem Temer! #NovaEleição #JulgaTSE. A frase foi postada no microblog Twitter da ex-senadora e hoje vereadora em Maceió, Heloisa Helena. Ela, assim como todo o Rede Sustentabilidade, defende o impeachment pelo TSE e não pelo Congresso.

Indireta 1

Pérolas da ALPB. O deputado Edmilson Soares parabenizou o colega Antônio Mineral pelo retorno à Casa. O presidente Adriano Galdino disse que alguém falou ao seu ouvido e pediu que Soares repetisse. Foi feito.

InDireta2

Galdino, que perde o amigo, mas não perde a alfinetada disparou: é sempre bom tê-lo sempre presente na Casa, já que o titular está sempre ausente.

Todo gás

Nem preciso dizer que a alfinetada foi para o ex-presidente da Casa, Ricardo Marcelo, que tirou nova licença. Se não bastasse, João Gonçalves, como todo seu bom humor, fez um trocadilho: “Mineral veio com gás”.

Tempo certo

Para encerrar as pérolas, os 35 segundos de Tovar Correia Lima, que ao ser lembrado sobre o tempo de aparte, também lembrou que estava no horário.

Cpi da telefonia

Já está com o o presidente do TJPB, desembargador Marcos Cavalcanti, o relatório referente a 1ª fase da CPI da Telefonia, que apura supostas irregularidades e o mau atendimento das empresas que operam o sistema de telefone celular na Paraíba. Veio das mãos deputados João Gonçalves, João Bosco Carneiro Júnior e Zé Paulo.

Demora 1

Confesso que minha fé com relação a essa CPI da Telefonia não é das melhores, não desmerencendo o trabalho dos parlamentares, mas pela demora em ser ver algo de concreto.

Demora 2

Óbvio, que essa lentidão não se aplica apenas às CPIs da Paraíba, enfim. O que eu vejo é quando se quer, se avança e mais rápido que um trem bala. #prontofalei.

Referência 1

Portador de uma leve gagueira, o líder da situação na Câmara, Marco Antônio, respondeu sorrindo às críticas do colega da oposição, Raoni Mendes, durante embate na CMJP.

Referência 2

“Você não conheceu meu avô, de quem herdei essa deficiência”, respondeu Marco Antônio. Não sei o nome do avô do vereador, mas pela referência já merece meu aplauso.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.