Início Cultura

João Azevêdo anuncia realização do ‘Ano Cultural José Lins do Rego’

Lançamento do ‘Ano Cultural José Lins do Rego’ ocorrerá em 26 de maio, Dia Nacional do Forró
José Lins do Rêgo (Foto: ABL)

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (3), durante o programa semanal ‘Conversa com o governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, a realização do ‘Ano Cultural José Lins do Rego’, em homenagem aos 120 anos de nascimento do escritor paraibano e aos 90 anos da obra ‘Menino de Engenho’. 
 
“Todas as escolas estarão envolvidas e o nosso objetivo é fomentar e valorizar a cultura paraibana e nós queremos fazer com que diversas ações sejam feitas através da Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia, Funesc, Fundação Casa de José Américo e todos os setores da cultura envolvidos para homenagear esse ilustre paraibano”, comentou o chefe do Executivo estadual.
 
O lançamento do ‘Ano Cultural José Lins do Rego’ ocorrerá em 26 de maio, Dia Nacional do Forró. A programação ainda inclui a edição de livros pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) em parceria com a Empresa Paraibana de Comunicação (EPC) e a realização de concurso literário e do Festival Arte em Cena, cujos editais serão publicados no dia 3 de junho. 
 
Ainda no dia 3 de junho, ocorrerá um concerto do Programa de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima). O evento virtual contará com a participação da família de José Lins do Rego.
 
José Lins do Rego nasceu em 3 de junho de 1901, no Engenho Corredor, localizado no município de Pilar. Antes da morte da mãe, Amélia Lins Cavalcanti, ele morou no Engenho de seu pai, João do Rego Cavalcanti, o famoso Engenho Tapuá, no município de São Miguel de Taipu. 
 
Após o falecimento de dona Amélia, Zé Lins, aos quatro anos, mudou-se para o engenho de seu avô materno. Ele permaneceu no Engenho Corredor até os 12 anos de idade. Logo depois, ele estudou no Colégio de Itabaiana, no Instituto Nossa Senhora do Carmo e no Colégio Diocesano Pio X, na então cidade da Paraíba, atual João Pessoa. Depois, estudou no Colégio Carneiro Leão e Osvaldo Cruz, em Recife. O paraibano foi um grande expoente da literatura brasileira e figura como um dos romancistas regionalistas mais prestigiados da literatura nacional.

Palavras Chave

Cultura

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.