joao-azevedo-nao-carimba-nome-de-efraim-morais-como-seu-vice
João Azevêdo (Foto: Arquivo/Jornal Correio da Paraíba)

João Azevêdo pede para deixar secretaria e reforça hipótese de candidatura

Diário Oficial não trouxe o nome do novo secretário  da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia

0
COMPARTILHE

Foi publicada, na edição desta quinta-feira (5) do Diário Oficial do Estado, a exoneração de João Azevêdo do cargo de secretário da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia. A exoneração, segundo ato do governador Ricardo Coutinho, atende a pedido do próprio João. A saída dele da secretaria reforça a hipótese de que João Azevêdo será o candidato ao governo estadual apoiado por Ricardo Coutinho.

Apontado como provável candidato nos bastidores da política, João Azevêdo já tinha sido proibido de participar de audiências do Orçamento Democrático. A decisão foi do desembargador Carlos Beltrão, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ele também determinou que o governador se abstenha de fazer qualquer referência à sua sucessão estadual ou como forma de exaltar João Azevêdo.

O Diário Oficial não trouxe o nome do novo secretário  da Infraestrutura, dos Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas