Início Futebol

João Leonardo entra para a história do Clássico Tradição garantindo a vitória do Treze sobre o Botafogo-PB

Alvinegro de Campina Grande subiu duas posições na classificação geral e ainda tem chance de brigar por uma das vagas na próxima fase
João Leonardo (Foto: Divulgação/Treze)

O atacante João Leonardo entra para a história do Clássico Tradição, marcando o gol do Treze na vitória sobre o Botafogo da Paraíba, por 1 a 0, pela Copa do Nordeste. Disputado no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga-DF, foi mais o jogo atípico entre Galo e Belo.

O alvinegro de Campina Grande subiu duas posições na classificação geral e ainda tem chance de brigar por uma das vagas na próxima fase. O Botafogo praticante não tem mais chances de passar de fase.

O jogo

No primeiro minuto de jogo, o volante Kaio Wilker tomou cartão vermelho. O jogador do Botafogo-PB atingiu a cabeça do zagueiro Marlon do Treze e foi expulso.

Aproveitando a superioridade no número de jogadores, 11 contra 10, o time do Treze dominou completamente as ações. O goleiro Felipe fez uma série de defesas, salvando a equipe do Botafogo.

A unica oportunidade do Botafogo surgiu em uma lançamento para a grande área. O atacante Rafael Oliveira desviou de cabeça e a bola saiu pela linha de fundo.

O Treze chegou perto de abrir o placar no primeiro tempo. O zagueiro Rômulo chutou de fora da área e Felipe defendeu. Depois, foi a vez do zagueiro Marlon tentar de cabeça e mais uma fez o goleiro do Botafogo evitou o gol. O Treze chegou a marcar um gol, com o lateral Paulinho, mas a arbitragem viu impedimento na jogada.

Segundo tempo

Para o segundo tempo, foi o Botafogo quem voltou com mais determinação e nos primeiros 10 minutos poderia ter liquidado a partida. O atacante Rafael Oliveira, em duas oportunidades, forçou o goleiro Jefferson a evitar a abertura do placar. O meia Marcos Aurélio também exigiu do goleiro do Galo em cobrança de falta.

O Treze voltou a comandar as ações mais uma vez, com jogadas pelos lados, principalmente com o ala Júlio Ferrari que entrou no lugar de Paulinho. E foi em uma das investidas, pelo lado direito que o gol do Galo saiu, em cruzamento feito, Marlon tentou de cabeça. O goleiro Felipe defendeu nos pés de João Leonardo, que não perdoou e mandou para o funda da meta, aos 35 minutos da etapa final.

Com o resultado, o Treze subiu duas posições, deixando o sétimo lugar, para colar no G4, agora com oito pontos.

O Treze ainda joga contra o Vitória-BA, no próximo domingo, em Salvador-BA. Dependendo de um resultado positivo, o alvinegro pode buscar a classificação para a segunda fase da Copa do Nordeste, contra o Sport Recife, em Campina Grande

O Botafogo, depois de seis partidas, soma apenas quatro pontos, com quatro empates e duas derrotas. O time botafoguense praticamente se despediu da competição regional. O Belo ainda vai encarar o Confiança-SE, em João Pessoa, e o Santa Cruz-PE, em Recife.

Formações

O Treze, comandado por Marcelinho Paraíba, venceu com Jefferson; Paulinho (Júlio Ferrari), Marlon, Rômulo e Emerson (Wellington Carioca); Darlan, Romeu (Sony Anderson), Régis Potiguar e Kleiton Domingues (Anselmo); João Leonardo e Jairinho (Rogerinho).

O time do Botafogo-PB, do treinador Marcelo Vilar, perdeu com Felipe; Rodrigo Ramos, Samuel, Willian Machado e Tsunami (Lucas Gabriel); Rogério, Pablo (Lagoa), Kaio Wilker e Marcos Aurélio; Rafael Oliveira (Sávio) e Welton Felipe (Roniel).

Arbitragem

O árbitro foi Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL). Os alagoanos Esdras Mariano de Lima e Brigida Cirilo Ferreira foram os assistentes. O árbitro reserva foi Christiano Gayo Nascimento (DF). O analista de campo foi Jamir Carlos Garcez (DF).

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.