Início Saúde

João Pessoa abre programação do ‘Abril Verde’; campanha alerta sobre acidentes de trabalho e doenças ocupacionais

Segundo a Organização Internacional do Trabalho, Brasil é o 4º colocado no ranking mundial de acidentes fatais de trabalho
Imagem ilustrativa | Foto: Pixabay

João Pessoa dá início, nesta quarta-feira (7), à edição 2021 do ‘Abril Verde’, movimento que busca reduzir os casos de acidentes de trabalho e conscientizar a população sobre a prevenção de doenças que ocorrem em decorrência de atividades laborais.

Durante todo o mês serão abordados temas como a relação Covid -19 com os processos, organização e o ambiente de trabalho; fragilidades e desafios da vigilância em saúde do trabalhador em tempos de Covid-19; reflexões sobre a rede de atenção em saúde do trabalhador em João Pessoa; anamnese clínico ocupacional: passos para realização de nexo causal; transtornos mentais relacionados ao trabalho.

As atividades serão voltadas aos profissionais de saúde que atuam na Rede de Atenção à Saúde de João Pessoa, além de técnicos de Segurança do Trabalho, sindicatos, centrais sindicais, Instituições de Ensino e Pesquisa e outras instituições interessadas na temática.

Também participam da programação representantes de instituições como a Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz – Rio de Janeiro, Ministério Público da Paraíba, Universidade Federal da Paraíba, Grupo de Trabalho em Saúde do Trabalhador do Núcleo de Estudos de Saúde em Saúde Coletiva (NESC/UFPB), Cerest Paraíba/ Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba e representações sindicais.

Dados

Dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) colocam o Brasil como 4º colocado no ranking mundial de acidentes fatais de trabalho.

Em João Pessoa, segundo o Núcleo de Vigilância e Informação em Saúde do Trabalhador do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), dos 358 atendimentos ocorridos em 2020, 62,2% dos casos foram em decorrência de Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (LER/DORT).

Em seguida, as outras principais causas de afastamento são devido aos Transtornos Mentais e Comportamentais Relacionados ao Trabalho e as Doenças Infecciosas e Parasitárias que referem-se aos casos de Covid-19. Neste ano, nos três primeiros meses, foram atendidos pelo serviço 76 trabalhadores.

Serviço

O Cerest atua na promoção e proteção da saúde dos trabalhadores, visando a recuperação e a reabilitação dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho. Regulamentado pela Portaria SAS nº 614, de 17 de agosto de 2006, abrange a macrorregional I do Estado da Paraíba e presta assistência a pacientes oriundos de 64 municípios, que integram a macrorregião.

De acordo com o diretor do centro, Kleber José, no local, são realizadas duas consultas. Primeiro, o trabalhador é atendido por profissionais como fisioterapeuta, assistente social e enfermeiro, que realizam a escuta qualificada sobre a história de trabalho (anamnese ocupacional) e a história da doença (anamnese clínica). O segundo atendimento é realizado pelo médico, que vai avaliar se o trabalho foi determinante ou contributivo para o adoecimento.

Ao ser confirmado o nexo causal entre a doença e o trabalho, o serviço emitirá a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT), parecer e laudo médico para fins de direitos do trabalhador, no âmbito da Previdência Social ou na Justiça do Trabalho.

Quem necessitar dos serviços do CEREST pode marcar uma consulta através do telefone (83) 3218-7114 ou ir diretamente à sede, que fica localizada na Rua Alberto De Brito, S/N, no bairro de Jaguaribe, dentro da Policlínica Municipal de Jaguaribe. No dia da consulta, o usuário precisa levar documentos pessoais como RG, CPF, Cartão SUS, além de atestados, laudos e pareceres médicos precedentes.

A campanha

Desde 2014, o mês de abril é voltado às ações de promoção da saúde e prevenção dos acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. Conhecida como ‘Abril Verde’, a campanha agora é Patrimônio Cultural Imaterial de João Pessoa e passa a integrar oficialmente o calendário de saúde da cidade, conforme a Lei Ordinária nº 14.110, de 22 de janeiro de 2021, sancionada pelo Prefeito Cícero Lucena.

Palavras Chave

João PessoaSaúde

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.