Moeda: Clima: Marés:
Início Pandemia

João Pessoa, Campina Grande e Cabedelo aplicam 4ª dose contra Covid para 50+ e trabalhadores da Saúde

Dose deve ser aplicada quatro meses após administração da 3ª dose, ou seja, pessoas a partir de 50 anos e trabalhadores da saúde que receberam a primeira dose de reforço há quatro meses ou mais
Máscaras, Covid, Vacina, Vacinação, 4ª dose
Campanha de vacinação contra Covid começou em janeiro de 2021 (Foto: Governo de São Paulo)

A Paraíba ampliou a oferta da segunda dose de reforço (R2), ou 4ª dose, contra Covid-19 para pessoas com idade a partir de 50 anos e trabalhadores de saúde em todo o estado. A decisão aconteceu após a divulgação das Notas Técnicas 36/2022 e 37/2022 do Ministério da Saúde, emitidas na sexta-feira (3).

De acordo com os documentos, o segundo reforço deve ser aplicado quatro meses após a administração da 3ª dose, ou seja, pessoas a partir de 50 anos e trabalhadores da saúde que receberam a primeira dose de reforço há quatro meses ou mais. Para este momento, poderão ser utilizados imunizantes da Pfizer, AstraZeneca ou Janssen.

Veja abaixo o esquema em algumas cidades da Paraíba.

João Pessoa

A Prefeitura de João Pessoa disponibiliza a segunda dose de reforço da vacina contra Covid-19 para o público com idade a partir de 50 anos e os trabalhadores de saúde. Também compõem o grupo, os imunossuprimidos, que já estavam recebendo as vacinas. Não é necessário agendamento.
 
Os imunizantes serão aplicados nas unidades de saúde da família, das 8h às 11h; no estacionamento do Mangabeira Shopping, das 13h às 22h em sistema de drive-thru e para pedestres; nas Policlínicas (Mandacaru, Cristo, Mangabeira e das Praias), das 8h às 16h; no Centro Municipal de Imunizações (Torre), das 8h às 16h; e no Ginásio Ivan Cantisani (Tambiá), das 8h às 12h.

A diretora de Atenção à Saúde, Alline Grisi, afirma que, para receber a quarta dose ou segunda dose de reforço, é preciso que as pessoas que se enquadram no grupo tenham tomado a dose anterior há, pelo menos, 120 dias. Ela destaca que a primeira dose da vacina contra a Covid-19 está disponível para todos os públicos a partir dos cinco anos de idade, sendo possível completar o ciclo vacinal, conforme a faixa etária.

4ª dose: 50+ e trabalhadores de saúde (após 120 dias da 3ª dose)
– Salas de vacinas nas USFs* – 8h às 11h
– Mangabeira Shopping (drive e pedestres) – 13h às 22h
 
*exceção das USFs (Cruz das Armas IV, Bessa, Mandacaru VII, Ipês, Viver Bem, Torre Integrada, Alto do Mateus I, Vieira Diniz, Rangel I, Rosa de Fátima, Roger III, Alto do Céu II, Timbó I e Costa e Silva)

Outros grupos:

Crianças a partir dos 5 anos (sem agendamento)
1ª dose: Pfizer
2ª dose: Pfizer (60 dias)
– Policlínicas (Mandacaru, Cristo, Mangabeira e das Praias) – 8h às 16h
– Centro Municipal de Imunizações (Torre) – 8h às 16h
 
Crianças de 6 a 11 anos (sem agendamento)
1ª dose: Coronavac
2ª dose: Coronavac (28 dias)
– Salas de vacinas nas USFs* – 8h às 11h
– Mangabeira Shopping (pedestre) – 13h às 16h
 
A partir de 12 anos (sem agendamento)
1ª dose: 12+
2ª dose: Janssen, Coronavac (28 dias), Astrazeneca (90 dias) e Pfizer (60 dias)
3ª dose: 12+ (após 120 dias da 2ª dose); imunossuprimidos (após 28 dias da 2ª dose); e trabalhadores de saúde (após 120 dias da 2ª dose)
4ª dose: imunossuprimidos (após 120 dias da 3ª dose)
– Salas de vacinas nas USFs*– 8h às 11h
– Ginásio Ivan Cantisani (Tambiá) – 8h às 12h
– Mangabeira Shopping (drive e pedestres) – 13h às 22h

Campina Grande

A Secretaria de Saúde de Campina Grande inicia, nesta segunda-feira, 6, a aplicação da quarta dose (segundo reforço) da vacina contra covid-19, nos profissionais de saúde e nas pessoas com idades entre 50 e 59 anos. A vacinação será realizada nos pontos fixos, onde geralmente já acontece, incluindo a ESAC (Catolé), o Terminal de Integração e algumas unidades específicas (Confira os locais abaixo).

Os trabalhadores de saúde e as pessoas de 50 a 59 anos de idade, que receberam a primeira dose de reforço (terceira dose) quatro meses atrás, ou há mais tempo, já podem receber a quarta dose. Para os trabalhadores de saúde, é necessário apresentar documento comprobatório da atuação em estabelecimento de saúde ou registro profissional da área. É necessário também apresentar o cartão de vacinação com o registro das três doses anteriores. As pessoas de 50 anos acima também precisam apresentar o cartão de vacinação, com as doses anteriores assinaladas.

08h30 às 11h30

  • Terminal de Integração – Centro
  • Esac – Catolé
  • UBS Antônio Virgílio Brasileiro – Aluízio Campos
  • Centro de Saúde do Catolé
  • Centro de Saúde da Liberdade
  • Centro de Saúde de São José da Mata
  • Centro de Saúde da Palmeira
  • Centro de Saúde do Catolé
  • Policlínica das Malvinas – Malvinas
  • UBS Raiff Ramalho – Rosa Cruz
  • UBS Hindemburgo Nunes – Ramadinha
  • UBS Maria de Lourdes Leoncio – Novo Cruzeiro

13h30 às 16h30

  • Terminal de Integração – Centro
  • Esac – Catolé
  • Centro de Saúde Francisco Pinto
  • Centro de Saúde do Catolé
  • Policlínica das Malvinas
  • UBS Adriana Bezerra – Santa Rosa

D1, D2 e D3 de gestantes, puérperas e lactantes

08h30 às 11h30

  • ISEA

Imunossuprimidos

Dose adicional (D3) de pessoas com 12 anos ou mais de idade que sejam imunossuprimidas e que tomaram a segunda dose há 8 semanas e dose de reforço (D4) dos imunossuprimidos que tomaram a dose adicional (D3) há 4 meses

08h30 às 11h30

  • Esac – Catolé

13h30 às 16h30

Centro de Saúde Francisco Pinto

Esac – Catolé

D1 de crianças de 05 a 11 anos e D2 de Coronavac para crianças que tomaram a D1 há 4 semanas e D2 de Pfizer para crianças que tomaram a D1 há 8 semanas

08h30 às 11h30

  • Esac – Catolé
  • Terminal de Integração – Centro
  • UBS Crisóstomo Lucena – Aluízio Campos
  • UBS Malvinas IV – dentro da Policlínica das Malvinas
  • Centro de Saúde Francisco Pinto – Centro

13h30 às 16h30

  • Esac – Catolé
  • Terminal de Integração – Centro
  • Centro de Saúde de São José da Mata.

Cabedelo

Cabedelo iniciou a aplicação a 2ª dose de reforço (4ª dose) contra a Covid-19 em pessoas com 50 anos ou mais e profissionais de saúde.

A 4ª dose deve ser aplicada quatro meses após a administração da dose de reforço, ou seja, para aqueles que receberam a 1ª dose de reforço há quatro meses ou mais. Para esse momento, poderão ser utilizados imunizantes da Pfizer, AstraZeneca ou Janssen.

Cabedelo também iniciou, na semana passada, a aplicação da dose de reforço contra a Covid-19 em adolescentes entre 12 e 17 anos, seguindo a recomendação da Secretaria de Saúde do Estado.

As doses estão disponíveis diariamente no Cabedelo Clube, das 8h às 14h.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.