Início Consumidor

João Pessoa é uma das capitais onde a cesta básica tem maior alta no país

Maiores altas foram registradas em Campo Grande (6,02%), João Pessoa (2,41%), Vitória (2,36%) e Recife (2,21%)
Supermercados, Alimentos
Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Entre março e abril de 2021, o custo médio da cesta básica de alimentos aumentou em 15 cidades e diminuiu em outras duas, de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em 17 capitais.

As maiores altas foram registradas em Campo Grande (6,02%), João Pessoa (2,41%), Vitória (2,36%) e Recife (2,21%). As capitais onde ocorreram as quedas foram Belém (-1,92%) e Salvador (-0,81%).

Nos quatro meses de 2021, as capitais com as maiores altas foram Curitiba (8,00%), Natal (4,24%), Aracaju (3,64%), João Pessoa (3,13%) e Florianópolis (3,08%). A principal queda, no mesmo período, foi de -4,49%, em Salvador.

A cesta mais cara foi a de Florianópolis (R$ 634,53), seguida pelas de São Paulo (R$ 632,61), Porto Alegre (R$ 626,11) e Rio de Janeiro (R$ 622,04). Entre as cidades do Norte e Nordeste, a cesta com menor custo foi a de Salvador (R$ 457,56).

João Pessoa: números de abril

✓ Valor da cesta: R$ 490,04
✓ Variação mensal: 2,41%.
✓ Variação no ano de 2021: 3,13%
✓ Variação 12 meses: 11,90%.
✓ Produtos com alta de preço médio em relação a março: Tomate (10,55%), Banana
(5,91%), Óleo (3,29%), Carne (2,18%), Café (2,11%), Manteiga (1,88%), Farinha
(1,58%), Feijão (1,57%) e Açúcar (0,67%)
✓ Produtos com redução de preço médio em relação a março: Leite (-3,31%), Arroz (-
2,36%) e Pão (-0,09%)
✓ Jornada necessária para comprar a cesta básica: 98 horas e 01 minutos.
✓ Percentual do salário mínimo líquido para compra dos produtos da cesta em João
Pessoa: 48,16%

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.