Início Esportes

Jogadores do Espectros falam sobre disputa deste domingo

O esporte tem como ensinamento básico o respeito ao oponente. Não importa se ele pareça, na teoria, inferior, mas o que vale mesmo é que a disputa seja limpa dentro de campo e que não falte respeito ao adversário. E é com essa premissa que comissão técnica e jogadores do João Pessoa Espectros vão a campo neste domingo (2), pela semifinal do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano diante do Tubarões do Cerrado.

E a gentileza é tão grande que o head coach da equipe paraibana, Kevin Veloso, acredita que pelo que fez na temporada, o adversário pode ser sim ser considerado o grande favorito da partida.

“O que a equipe do Tubarões vem fazendo durante a temporada mostra que o Espectros não é o favorito a ganhar o jogo.  É um jogo que pra nós significa muito mais… a gente não fica satisfeito em conquistar o Nordeste, nós entendemos que o time de Brasília é mais um grande obstáculo para que consigamos chegar a nossa meta final”, explicou Kevin.

100% de aproveitamento

Para manter os 100% de aproveitamento na BFA e evitar uma ressaca indesejada neste fim de ano, os fantasmas vão precisar quebrar um tabu de nunca ter vencido uma partida fora do Nordeste.  O time foi derrotado para o Cuiabá Arsenal, nos playoffs de 2012. Dois anos mais tarde voltou a perder, agora na final do Brasil Bowl contra o Coritiba Crocodiles; nas semifinais em 2016, para o Flamengo, e por fim a derrota na final do ano passado, para o Cruzeiro.

E para não repetir os erros do passado, logo após a última reunião da comissão e jogadores, dois dos mais experientes do elenco, comentaram que os atletas estão preparados para assumir a responsabilidade de uma decisão.

Espírito de equipe

“O jogador não joga só, ele tem outras pessoas que dependem dele e por isso, o jogador precisa entender que é muito importante antes e durante a partida. Tudo isso aliado a responsabilidade grande de representar a Paraíba. É algo que precisa estar na consciência durante todo o tempo”, falou Igor Nery, jogador de defesa.

“A reunião é pra reafirmar o plano de jogo que nós fizemos, e pra deixar tudo alinhado para que não se cometa erros. As derrotas que aconteceram fazem parte do passado, e agora estamos em outro momento… nosso elenco está forte e acredito que estamos em dos melhores anos, quando se fala em elenco” comentou Vitor Ramalho, jogador de ataque.

A equipe paraibana encerrou a preparação para o jogo do domingo, com um trabalho na piscina do hotel. Sob o comando do coordenador de time defesa , Robson Sena, os jogadores passaram por um trabalho de ativação muscular e regenerativo.

*Reportagem de Amauri de Aquino, da TV Correio

 

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.