Início Geral

JP bate recorde e gera mais de 4 mil empregos nos primeiros cinco meses de 2014

A cidade de João Pessoa gerou 4.494 novos empregos formais no acumulado dos cinco primeiros meses de 2014. O número é o maior para o período na série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), iniciada em 2003.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Em comparação com o acumulado de janeiro a maio de 2013, houve um crescimento de 55% na criação de novos postos de trabalho na Capital, puxada pelos setores de serviços (3.206) e construção civil (1.183). Também se destacam a indústria de transformação (146) e os serviços industriais de utilidade pública (144). Os 4.494 novos empregos foram responsáveis pelo aumento de 2,59% do número total de trabalhadores registrados até dezembro de 2013 pelo MTE.

Para o secretário do Trabalho, Produção e Renda da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Diego Tavares, os números mostram o resultado de diversas ações da política do prefeito Luciano Cartaxo em parceria com as empresas privadas da Capital.

“João Pessoa está crescendo com os investimentos na geração de empregos, como os incentivos fiscais concedidos para a atração de empresas à cidade, o apoio aos eventos de turismo e a política de microcrédito que fortalece as microempresas e contribui para o crescimento econômico, ao mesmo tempo em que cria novas vagas. Além disso, há o trabalho do Sine-JP, que faz o encaminhamento de trabalhadores ao mercado”, explicou Diego Tavares.

Maio de 2014

No mês de maio deste ano, todos os setores tiveram saldo positivo na cidade de João Pessoa, com a geração de 407 empregos, entre contratações e demissões. Os melhores resultados foram obtidos nos setores de serviços (180) e construção civil (165). Em seguida estão serviços industriais de utilidade pública (30) e administração pública (28).

A geração de empregos da Capital do mês de maio ainda superou algumas capitais do Nordeste, inclusive cidades-sede da Copa do Mundo, como Natal (291) e Recife, que teve saldo negativo de 1.257 empregos. Também tiveram resultados menores que João Pessoa, São Luís (246), Teresina (-73) e Maceió (-2.848).

Já no acumulado dos últimos 12 meses (de junho de 2013 a maio deste ano), já são 9.053 empregos criados na cidade. O impulso da economia é o setor de serviços (6.167), mas também contribuem a construção civil (1.960) e o comércio (658).

Assista à matéria exibida na TV Correio HD.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.