Início Geral

Justi?a do Trabalho prop?e acordo e greve na Cagepa pode acabar na segunda-feira

Depois de quase 20 dias de paralisação, os servidores da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba – Cagepa poderão retomar as atividades às 14h da segunda-feira, dia 7. O fim do movimento grevista teria sido decidido em sessão realizada nesta sexta (4), no Pleno do Tribunal do Trabalho da Paraíba, presidida pelo vice-presidente do Regional, desembargador Ubiratan Delgado. Porém, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb) informou que fará assembleia com a categoria para decidir sobre o retorno às atividades.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo o TRT, teria sido decido que a Cagepa, além das propostas econômicas já formuladas e aceitas pelos sindicatos Stipdase e Sindiágua, representativos da base territorial dos municípios de Campina Grande e de João Pessoa, e a manutenção das cláusulas anteriores, avançaria nas cláusulas sociais para também contemplar a licença maternidade de 180 dias, pagamento do adicional de periculosidade aos motoqueiros e o cumprimento das NRs no que diz respeito ao fornecimento de EPIs adequados. Além disso seriam abonados os dias de paralisação.

Em contrapartida o Sindicato promoveria o retorno da categoria ao trabalho a partir das 14h do dia 7 de julho (segunda-feira). O acordo foi formalizado pelas partes, a quem cabe a redação final, com submissão à assembleia da categoria, que já está agendada para acontecer na manhã da segunda-feira (7). Após a assembleia, as partes deverão comunicar nos autos.

A Audiência de Conciliação e Instrução do dissídio coletivo entre a Cagepa e o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba foi presidida pelo desembargador Ubiratan Delgado com a presença do procurador do Trabalho, Márcio Roberto de Freitas Evangelista. Participaram da audiência o diretor administrativo da Cagepa, Jorge Gurgel de Souza e seu advogado Alisson Carlos Vitalino. Já o Sindicato foi representado pelo seu presidente, Wilton Maia Welez e assistido pelo advogado Giuseppe Fabiano do Monte Costa.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.